A luz de Nossos Olhos – poema de João Bosquo

A graça de estar vivo
E estar sempre atento
É o de poder conhecer
E fazer novos amigos

A graça de estar vivo
É poder olhar nos olhos
Dos amigos mentirosos
E assim poder amá-los

A graça de estar vivo
É perceber que igual
Somos a todos nós

Outros que também
Tentam se esconder
Da luz d’ olhos que nos veem.

 ><>Só para destacar… Outro poeminha recém saído do forno.

Share Button