Agora estamos sem a jornalista Sandra Moreyra

Por Alana Gandra

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

Morreu hoje (10) à tarde, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, a jornalista Sandra Moreyra, da TV Globo, considerada uma das principais repórteres da emissora carioca. Sandra não resistiu a um câncer no mediastino, região próxima do esôfago, contra o qual lutava há sete anos, de acordo com informações da Central Globo de Comunicação (CGCOM).

Carioca, Sandra Maria Moreyra tinha 61 anos. O avô, o escritor Álvaro Moreyra, membro da Academia Brasileira de Letras, dirigiu importantes revistas nos anos 1950, entre elas Fon-Fon e Paratodos. Seu pai, Sandro Moreyra, fez história como um dos mais importantes cronistas esportivos do jornalismo brasileiro. Sua mãe, Lea de Barros Pinto, era professora. Sandra era irmã da também jornalista e diretora da GloboNews, Eugenia Moreyra.

Contemporânea e grande amiga de Sandra, a jornalista Leilane Neubarth esteve com ela hoje pela manhã para se despedir “e agradecer por tudo que a gente viveu junto. Foi Sandra quem me disse que eu tenho uma alma ruiva, porque, na verdade, sou loura.”

Para Leilane, conviver com a Sandra foi um privilégio. “Convivemos diariamente durante sete anos, na época do Bom Dia Brasil. Foi uma convivência de criatividade, de aprendizado e de troca. Criamos colunas juntas. Tínhamos duas delas inventadas por nós no Bom Dia Brasil, que colocamos no ar. Foi um projeto que adorávamos.”

Leilane lembrou que a afinidade com Sandra Moreyra era tanta que as duas engravidaram juntas e tiveram os filhos em datas próximas. O de Sandra nasceu em 6 de março e o de Leilane dia 13 do mesmo mês.

Leia a matéria completa na ABrm

Share Button

Admin

Este perfil publica Releases e material Da Assessoria

Você pode gostar...