Agora estamos sem Carlos Alberto Torres, capitão da seleção tricampeã de futebol

O capitão da seleção brasileira tricampeã de futebol, Carlos Alberto Torres – Divulgação/CBF

Por Isabela Vieira – Repórter da Agência Brasil 
O capitão do tricampeonato da seleção brasileira da Copa do Mundo de 1970, Carlos Alberto Torres, morreu hoje (26), aos 72 anos, no Rio de Janeiro. Ex-lateral direito, atualmente um dos comentaristas do canal de televisão paga Sportv, sofreu um infarto em casa e não resistiu.

Carlos Alberto passou por diversos clubes de futebol, como Botafogo, Santos, onde foi pentacampeão, e Fluminense, time do coração, onde também ganhou o tricampeonato. Ele encerrou a carreira no New York Cosmos, nos Estados Unidos.

Já como treinador, ganhou o título brasileiro de 1983, com o Flamengo; a Copa Conmebol, em 1993, pelo Botafogo; e o Campeonato Carioca, pelo Fluminense, em 1984.

Sua última aparição na televisão, segundo o Sportv, foi no último domingo (23), quando o comentarista participou do programa Troca de Passes.

Fonte: Morre Carlos Alberto Torres, capitão da seleção tricampeã de futebol

><>Certa feita, vendo o jogo – nas poucas vezes que a tv transmite os jogos do Fogão -, nos anos 90, vi a mão do treinador se manifestar de forma decisiva numa partida de futebol. O técnico era CAT, o Capita.

Namarra

Matérias, notas que nós (eu e Meu Peixe) gostaríamos de escrever e observações diversas.

Você pode gostar...