Agora estamos sem Pedro Pedrossian, ex-governador de Mato Grosso e MS

Governador por três vezes, Pedro Pedrossian morre em casa aos 89 anos
Na foto, Pedrossian ao lado da esposa Maria Aparecida e do bisneto João Pedro, comemora 85 anos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Na foto, Pedrossian ao lado da esposa Maria Aparecida e do bisneto João Pedro, comemora 85 anos. Foto: Arquivo familiar

Anahi Zurutuza e Aline dos Santos | O ex-governador Pedro Pedrossian morreu na madrugada desta terça-feira (22). De acordo com secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, o avô estava em casa. “Morreu dormindo, sem sofrimento”.

O neto revelou ainda que o ex-governador estava bem de saúde, “na medida do possível”. “Ele teve uma insuficiência respiratória ontem [segunda-feira], mas foi medicado e estava bem”.

Por meio da assessoria de imprensa, o Governo do Estado informou da morte com pesar e informou que o velório será no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, no Parque dos Poderes, a partir das 10h. O sepultamento será no cemitério Parque das Primaveras, às17h.

Ao vivo, para o jornal da TV Morena, Pedro Pedrossian Filho disse que o pai deixa saudades, mas foi uma pessoa realizada e tem uma história de vida construída com amor. “Vai absolutamente realizado para sua viagem”.

Ele revelou ainda que a saúde do pai estava frágil havia sete anos, desde quando sofreu um acidente e quebrou a perna.

História – Pedrossian foi governador por três vezes, de 1966 e 1971. Em 1980, foi nomeado para comandar Mato Grosso do Sul, posto que retomou em 1991, quando foi eleito nas urnas.

Com a vida forjada nos caminhos de ferros da Noroeste do Brasil, o engenheiro civil Pedrossian deveria estrear na política sendo vice de Lúdio Coelho.

“O Lúdio, candidato da UDN, foi a Bauru e me convidou para ser o vice. Mas nunca mais tocou no assunto. De qualquer forma, aquela medida do Lúdio fez com que tomassem conhecimento da minha existência como político. Fui escolhido para ser candidato”, relatou o próprio, em entrevista ao Campo Grande News em 2013.

Na década de 1960, sem condições financeiras, ele embarcou em um avião de pequeno porte, “às vezes nem a bússola funcionava”, e na aventura de rodar o extenso Mato Grosso, à época uno.

De repente, a população correspondeu às propostas e Pedro Pedrossian foi eleito governador.

Matéria editada às 8h58 para acréscimo de informação.

Fonte: Governador por três vezes, Pedro Pedrossian morre em casa aos 89 anos

><>Pedro Pedrossian, em verdade, foi o primeiro que quebrou o paradigma eleiltoral mato-grossense. Ele foi o primeiro jovem a se eleger governador e depois dele, Mato Grosso só elegeu candidatos com menos de 50 anos: Júlio Campos, Carlos Bezerra, Jaime Campos, Dante de Oliveira, Blairo Maggi, Silval Barbosa (o mais velho) e Pedro Taques.

Como legado da gestão PP citamos a UFMT, a Senemat, com ampliação da ETA São Sebastião, que melhorou – e como – a distribuição de água na Capital.

Admin

Este perfil publica Releases e material Da Assessoria

Você pode gostar...