Ano Novo se Repete, também se Renova – poema de João Bosquo

O ano novo começa em primeiro de janeiro
E os anos, desde antes de nós, tem doze meses…
Os meses são os mesmos, os eventos se repetem
primavera, verão, outono e inverno…

Tudo se repete… mas, repara, nada é igual
A vida é um ciclo, círculo, só que em aspiral
tudo muda, tudo se transforma, tudo melhora
com o passar dos anos, dos dias, das horas

Nada, absolutamente nada, permanece no lugar…
Portanto é semelhante, entretanto é diverso,
se parece mas é diferente, é par mas é espelho

Tudo se repete mas está em movimento
nessa eterna mudança de lugar, de itinerário…
Tudo e nada tem sentido dentro do Universo.

><>Nessa espiral que é a vida da raça humana – da qual todos nos participamos, independente de credo, cor ou etnia – só temos uma certeza: vamos vencer!  Essa é a verdade suprema. Uns já chegaram lá, enquanto nos-outros vamos demorar um pouquinho mais.

Feliza Dois mil e 12.

Share Button