Áudios e áudio ou vice e versa

><> “Você não está me gravando”, assim começou a conversa de um velho e tarimbado observador e Meu Peixe. “Claro que não”, respondeu.

“Você me conhece e o que vejo é que tem alguma coisa errada”, disse. “Como errado?”

Esse velho líder comunitário, tirou do bolso um desses impressos que são feitos da noite pro dia e distribuído à população neste período eleitoral, com a transcrição do áudio no qual Elias dos Santos, primeiro-irmão de Wilson Santos, candidato do PSDB a prefeitura de Cuiabá.

Batendo com as pontas dos dedos questionou, apontando para a foto de Elias Santos e afirmou “Este eu conheço, sei que não é nenhum bobo xera-xera, conhece tudo, sabe de tudo e jamais faria uma coisa dessas, a não ser que tenha sido mandado. Este – enfatiza – jamais cometeria um erro desses. Aí tem”.

Meu Peixe não tinha antenado pra isso. Realmente todos que conhecem sabem que o primeiro-irmão – como se diz na gíria –  é um ensaboado e por isso Meu Peixe ficou encabulado.

“Será mesmo que a gravação do áudio vazado foi uma armação do próprio Wilson Santos para NÃO assumir a prefeitura? Será?”

Share Button