Aulas do MT Vest começam na próxima segunda-feira, 21

As aulas do MT Pré-Vestibular, curso preparatório para o vestibular do governo do Estado, vão começar na próxima segunda-feira (21.06). Os cerca de 31 mil alunos inscritos para as 14,5 mil vagas fizeram a prova de seleção neste domingo (13.06), segundo informa a secretária de Estado de Ciência e Tecnologia, Ilma Grisoste.

Das 14,5 mil vagas ofertadas, 3.100 serão de Cuiabá, distribuídas em 31 polos, e outras 1.000 vão atender alunos de Várzea Grande em 10 polos. As demais vagas distribuídas, conforme a demanda, pelo interior do Estado num total de 66 municípios polos. O MT Pré-Vestibular é uma oportunidade para o aluno que não tem condições de pagar um cursinho, de se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), bem como para os inúmeros concursos públicos que os governos, nos três níveis, vem realizando.

As aulas serão pelo sistema teleconferência, no período noturno, das 19h às 22h, de segunda a sexta-feira. As dúvidas que os alunos possam ter serão sanadas pelo tira-dúvida on-line. Uma vez por mês cada cidade-polo terá uma aula especial presencial com um professor. Todos alunos receberão ainda apostilas, sem nenhum custo. A secretária Ilma Grisoste lembra que o MT Pré-vestibular é realizado em Cuiabá em parceria com a União das Associações de Moradores de Bairros da Capital (Ucamb), que cede os espaços das associações de moradores para as aulas. No interior do Estado a parceria é com as prefeituras que cedem as escolas e pessoal de apoio.

INCLUSÃO DIGITAL

O governador Silval Barbosa, durante o governo itinerante em Cáceres, confirmou a implantação de 73 Laboratórios de Inclusão Digital na região. Cáceres vai receber 14 desses laboratórios. Cada unidade é composta de 10 computadores, impressora e ar-condicionado. A secretária Ilma Grisoste informa que no dia 23 será a abertura a licitação de computadores e mobiliários; no dia 24 a licitação de equipamentos em geral e no dia 28 será licitada o lote de ar-condicionado.

Os recursos já estão garantidos por meio de emendas parlamentares. Os laboratórios serão implantados em parcerias com entidades filantrópicas, clubes de serviços, igrejas, que se compromete nos próximos 10 anos a realizar cursos de formação profissional. “Nosso objetivo é acabar com o analfabetismo digital”, disse.

Secom-MT

Share Button