“Batman Brasileiro” concorre em duas categorias no FanFilm Awards 2018

“Um Conto de Batman: na Psicose do Ventríloquo”, do diretor brasileiro Elvis delBagno, participa do festival em Pasadena, Los Angeles (EUA), como finalista nas categorias melhor diretor e melhor fotografia. Anúncio dos vencedores acontece na sexta-feira, dia 9 de fevereiro.

Divulgação

Da Assessoria | O 1º Fan Film do Batman do mundo no formato longa-metragem é brasileiro e esta semana, até 9 de fevereiro, participa do FanFilm Awards 2018, que acontece em Pasadena, Los Angeles (EUA). A obra criada pelo diretor e cineasta brasileiro Elvis delBagno participa do Festival concorrendo em duas categorias: Melhor Diretor e Melhor Fotografia. Os vencedores saem todos no dia 09 de fevereiro.

Enredo autoral, prioridade às histórias dos personagens ao invés de explosões, lutas insanas e efeitos especiais. Assim é “O Conto de Batman: na Psicose do Ventríloquo”, filme lançado no final de 2014 com narrativa lenta, por vezes, sem falas, que faz uma analogia à sociedade brasileira moderna aliada ao estudo profundo do Ser Humano.

A obra preza por trazer uma visão desvinculada das características “hollywoodianas” presentes nos filmes do “Homem-Morcego”. Porém, a produção robusta, a fotografia marcante e o enredo denso não deixam dúvidas quanto à qualidade e importância do filme na carreira do diretor.

O Batman brasileiro de Elvis delBagno se mostra perturbado e confuso por se perder em seu ‘Eu’ a cada dia que tenta descobrir mais sobre si mesmo. Já o vilão, um boneco ventríloquo, tem sua existência explorada a fundo a fim de explicar a mente psicopata de um chefe da máfia.

Ainda não viu o filme? Confira em: https://vimeo.com/129305873

FanFilm Awards 2018 O Festival norte-americano acontece pelo 4º ano e já estabelece uma tradição entre os fãs que produzem seus filmes de forma independente com base nas histórias de personagens de ficção. Mais informações em: https://fanfilmawards.com/

Sobre Elvis delBagno Elvis Del Bagno é um produtor, roteirista, editor, diretor de cinema e de fotografia que ama fazer filmes do gênero fantástico, caminhando livremente pela filosofia e pelo lado poético da vida. Seu olhar busca criar filmes com doses surrealistas inseridas em um contexto real, apresentando um cinema estilizado e autoral. Sua paixão por cinema começou ainda na adolescência, quando se reconheceu como um contador de histórias criadas em sua imaginação. Gosta de abordar as crises existências que afligem o Ser Humano aliadas a influência que o ambiente onde vivem exerce sobre suas vidas. Adepto da escola cinematográfica dos anos 60 e 70, Elvis preza por momentos poéticos, sem diálogos, e por uma narrativa que possa ser desestruturada. Escolhe pela ousadia em tempos onde cinema prioriza os roteiros engessados.

Share Button

Admin

Este perfil publica Releases e material Da Assessoria

Você pode gostar...