Brasil e Colômbia firmam acordo para ampliar intercâmbio cultural

Renata Giraldi

O Brasil e a Colômbia vão ampliar o intercâmbio cultural. As escolas brasileiras deverão receber livros de autores colombianos e peças de teatro e filmes produzidos no país andino chegarão em maior número ao Brasil. A intenção é que o mesmo ocorra em relação às obras brasileiras na Colômbia. O acordo de ampliação do intercâmbio cultural foi firmado entre as ministras da Cultura, Ana de Hollanda, e Mariana Garcés Córdoba.

A ideia é estimular o intercâmbio nas áreas de incentivo à leitura, patrimônio cultural, museus, economia criativa e diversidade cultural e étnica. Ana de Hollanda e Mariana Córdoba decidiram ainda que serão incentivados os programas relacionados aos grupos que representam a diversidade cultural de ambos os países, como afrodescendentes e indígenas.

As ministras reviram as metas para o Plano de Ação para a Cooperacão Cultural 2011-2014 entre os dois países. O plano inclui visitas de escritores dos dois países em feiras, festivais literários e universidades, apoiando os projetos de tradução e publicação de títulos brasileiros na Colômbia e vice-versa.

A ideia é incentivar a inclusão de livros colombianos nas redes públicas de bibliotecas do Brasil e o mesmo deve ocorrer em relação aos títulos brasileiros na Colômbia. A Colômbia está sediando a 25ª Feira Internacional do Livro de Bogotá, na qual o Brasil é o principal homenageado

Também deve ser desenvolvido o projeto Cartografia Cultural do Noroeste Amazônico, que determina o inventário de sítios sagrados relacionados aos povos indígenas da região, que prevê a recuperação de sítios históricos como destino cultural e mecanismos de financiamento para preservação do patrimônio cultural.

Share Button