Câmara Brasileira do Livro anuncia Luiz Armando Bagolin como novo curador do Prêmio Jabuti

Ex-diretor da Biblioteca Mário de Andrade, Luiz Armando Bagolin traz uma nova visão para o mais importante prêmio do livro no Brasil

Da Assessoria | A Câmara Brasileira do Livro (CBL) acaba de confirmar Luiz Armando Bagolin como o novo curador do Prêmio Jabuti. Consagrado acadêmico da Universidade de São Paulo e responsável pelo reposicionamento da Biblioteca Mário de Andrade (que passou a oferecer uma extensa programação cultural e operar durante 24h), Bagolin aglomera todas as qualidades que a CBL buscava. “O mercado literário está em constante transformação, e o Prêmio Jabuti deve acompanhar essas mudanças, se atualizando e reinventando. Ninguém melhor do que o Bagolin para trazer essa nova visão ao prêmio”, afirma Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro.

Luiz Armando Bagolin, 53 anos, natura de Ribeirão Preto, é doutor em Filosofia pela FFLCH/USP, especializado em Estética e História das Artes, em particular, sobre o Renascimento Italiano. É também estudioso da história dos livros e das edições e dos diversos gêneros de figuração impressa, desde o século XVI. Foi curador da participação oficial da cidade de São Paulo na 40a. Feira Internacional do Livro, em Buenos Aires (2014) e diretor da Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, entre 2013 e 2016.

Durante as primeiras semanas de trabalho, Bagolin será responsável por definir o novo conselho curador do prêmio e os próximos passos para o lançamento da 59ª edição. Segundo o curador, esta é uma etapa de entendimento e conversa: “Para mim, é uma honra assumir a curadoria do Prêmio Jabuti! Este é um momento de reconhecimento de área para entender em que momento estamos com o prêmio e como poderemos seguir. Tenho certeza que essa parceria trará muitos frutos para o mercado editorial e o leitor”. Definições como calendário de inscrições e criação de novas categorias deverão ser realizadas nas próximas semanas.

Sobre a CBL – Fundada em 20 de setembro de 1946, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) congrega editores, livreiros, distribuidores e creditistas de todo o Brasil com o objetivo maior de valorizar o livro e, assim, desenvolver e ampliar o mercado. As ações para difundir e estimular o hábito da leitura e a democratização do acesso ao livro são as maiores bandeiras da entidade. A CBL organiza alguns dos mais importantes e tradicionais eventos do setor editorial brasileiro, como a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o Prêmio Jabuti, o Congresso Internacional CBL do Livro Digital e a Escola do Livro, além de participar de feiras nacionais e internacionais. Em 2016 a entidade completou 70 anos.

Share Button