Casa Civil e Banco do Brasil entregam 80 kits de alfabetização de cegos

O Instituto dos Cegos de Mato Grosso recebeu nesta quinta-feira (20.12) 80 kits para alfabetização de crianças cegas, resultado de uma parceria do Governo do Estado, por meio da Casa Civil, e do Banco do Brasil. O kit é formado por uma mesa, reglete e punção; soroban e bengala, que será usado por alunos do Instituto durante o período escolar.

Mário Lúcio, superintendente de Articulação de Políticas de Direitos da Pessoa com Deficiências, da Casa Civil, destaca a importância dos kits para que a criança possa ser alfabetizada na escrita Braille. “É um material que parece ser simples, mas é de fundamental importância para que a criança aprenda e possa ser matriculada na rede de ensino regular”, afirma.

O presidente do Instituto dos Cegos, Marcino Oliveira destacou que os kits estão sendo recebidos agora, mas só serão repassados às crianças a partir de fevereiro, quando começa o ano letivo de 2013. Marcino conta que em Cuiabá existe uma demanda de 50 crianças cegas em fase escolar , enquanto em Mato Grosso essa demanda gira em torno de 200. A criança aprende a ler e a escrever em Braille no instituto e esse material é o básico para que se tenha acesso ao método.

O Gerente de Mercado da Superintendia de Negócios Varejo e Governo, Edson Anelli, explicou que os kits é resultado do programa Brasil sem Limites, do Governo Federal, que desenvolve série ações de acessibilidade às pessoas com deficiência e Banco do Brasil participa desse programa com uma ação que é a linha de crédito BB Crédito Acessibilidade.

Essa linha de crédito financia a aquisição de bens da linha assistiva, de no mínimo R$ 70,00 até R$ 30 mil, em até 60 vezes, com juros de 0,57% a 0,60% ou 7% e 8% ao a.a. isento de taxas de abertura de crédito. A linha de crédito poderá ser usada por qualquer cliente BB na aquisição de qualquer bem da linha assistiva para doação, como foi com os 80 kits doados ao Instituto dos Cegos.

Edson Anelli explica que o Governo de Mato Grosso recebeu esse pedido do Instituto dos Cegos e tinha dificuldade de atender, por conta de orçamento, que apresentou o problema ao BB de Mato Grosso. A partir desse momento iniciou uma mobilização entre funcionários do banco e clientes que dispuseram a participar dessa ação.

O cliente que desejar fazer uma doação usando dessa linha de crédito deve procurar a agência do BB e verificar se existe limite disponível. Confirmando a disponibilidade o cliente compra o bem e apresenta a nota fiscal ao banco que repassa o valor direto na conta corrente.

Fonte: Secom/MT

Share Button