Categoria: Literatura

0

Jurista Joaquim Falcão é eleito para a ABL

O jurista e educador Joaquim Falcão, de 74 anos, foi eleito hoje (19) para a Cadeira 3 da Academia Brasileira de Letras (ABL), sucedendo o jornalista e escritor Carlos Heitor Cony, que morreu no...

Share Button

Lembranças Eternas – Um poema de João Bosquo

Não tenho tantas dores para contar: Quebrei o braço, fui pro Santa Casa, Me roubaram a namorada e chorei, Perdi o ônibus, atrasado, perdi o emprego… As alegrias, por inúmeras, são várias Que não...

Share Button

Um Doce Marido – Um conto de Eduardo Mahon

Antônio Carlos sentiu a pele grudar-se ao lençol macio de tão novo. No início, maldisse a mulher que tinha mania de tomar sorvete na cama. Por ela, fariam as refeições no quarto, do café...

Share Button

Fim da linha pra você, ex-presidente ladrão – Um poema realista de Herton Gustavo Gratto 

Por Herton Gustavo Gratto |  Fim da linha pra você, ex – presidente ladrão mesmo sem provas bato panelas em prol da sua condenação isso é pra você aprender que o pobre não tem...

Share Button

Antes da Física Quântica – uma imitação de soneto de João Bosquo

Não conhecer física, o princípio de Einstein, Demora mais para entender que o amor, Como as velhas e novas coisas universais, Também é variável no espaço e tempo O amor, embora a causa primeira...

Share Button

Sereno – Uma imitação de soneto de João Bosquo

Vamos fechar nossos olhos, procurar o sereno Que se encontra nas partículas gotas da madrugada E suavemente deitam nas gramas dos jardins, Nos telhados, como um calmo lençol à forrar… Quando tudo serenar, ao...

Share Button

Carlos Heitor Cony previa lançar “Operação Condor” este ano de 2018

Obra é uma reedição de “O beijo da Morte” (2003) em coautoria com a escritora e jornalista Anna Lee Da Assessoria | A Ediouro lamenta profundamente o falecimento de Carlos Heitor Cony, um importante membro...

Share Button

Poema Escrito – uma imitação de soneto de João Bosquo

Olho-te e vejo Como estás, Meio sem graça Não faço nada E me perguntas Se passo fome Respondo: não! E continuo são Na minha tarefa Isso te perturbas Vês assombrações, e Segues os meus...

Share Button

Da salvação da pátria, uma deliciosa crônica de Carlos Heitor Cony sobre a ‘revolução’ de 1964

Por Carlos Heitor Cony | Posto em sossego por uma cirurgia e suas complicações, eis que o sossego subitamente se transforma em desassossego: minha filha surge esbaforida dizendo que há revolução na rua . Apesar da...

Share Button

Como este poema desejo a todos, amigos, comparsas, companheiros e desafetos, um feliz ano 2018

Café do Ano Novo Estou aqui. Bebi o café quente do ano novo, lembrei-me de pessoas e dum livro de poemas lidos quando queria ficar triste, mas alegre permaneci olhando para fora da janela...

Share Button

Sarau Literário em Santo Antônio de Leverger reúne poetas vivos

O evento aconteceu na última quinta-feira, 7, no Centro Comunitário da Igreja Matriz, uma promoção da E.E. Faustino Amorim, com coordenação da professora Kelly Carvalho Por João Bosquo | O sarau literário-musical “Com a Palavra”...

Share Button

Vanguarda – Uma imitação de soneto de João Bosquo

Qual é a saída pra vanguarda? Qual a saída pra crise, pela vanguarda? A vanguarda está em crise Ou a crise não afeta a vanguarda? O que é ser vanguarda? Sou fã ou fui...

Share Button

Assim Caminha… – uma imitação de soneto de João Bosquo

O Brasil era Estados Unidos do Brazil Agora somos República Federativa A cidadania nem por isso ficou mais ativa Os gestores menos corruptos e espertos… O antigo Primário, o antigo Ginasial… Estudei em todos...

Share Button

Da Água que Bebo – Uma imitação de soneto de João Bosquo

Dessa água não beberei Depois de morto E enterrado acima da cabeira Do rio que desce Rumo ao mar Pantanal Posso beber, não sei, Das águas subterrâneas Que procriam águas As quais meu corpo...

Share Button

Medo – Por João Bosquo

Share Button

Espelho Cansado – por Eduardo Mahon

ESPELHO CANSADO Aloísio saiu de casa logo cedo. Era um sábado que se emendava ao feriado. Pegou as chaves, deu partida no carro e seguiu para o centro da cidade. Quero um espelho –...

Share Button

Morte – Um poema de Marília Beatriz

A cruz é a sentença, o verbo é presença onde a morte? O surto é periférico o vôo é atmosférico onde a morte? Se a cruz é o surto o verbo e o vôo...

Share Button

Luiz Renato ressuscita o seu Garçom Performático

Personagem reaparece para animar lançamentos de seu novo livro que acontecerão a partir deste sábado, 4, em Rondonópolis Por João Bosquo | O escritor Luiz Renato de Souza Pinto não esconde a satisfação de ser...

Share Button
Foto: Chico Valdiner / GCom

Uma festa modesta no Paiaguás, mas real, para premiação dos escritores do 2º MT literatura

Por João Bosquo | A festa de entrega do II Prêmio MT Literatura no palácio Paiaguás – um arranjo de última hora – foi bem mais modesta que o esperado. O público – por...

Share Button

O Velho Palacete – Por Eduardo Mahon

Por Eduardo Mahon | Ninguém diria que o palácio nasceu do mesmo tamanho que todos os demais casarões na rua de terra batida. Contudo, a despeito do que ignorem os meninos que estudam arquitetura contemporânea,...

Share Button

SEC corre contra o tempo e marca para a próxima quarta-feira, 25, a entrega dos prêmios aos contemplados do MT Literatura

Depois do chabu da Literamato e sua planejada apoteose que custaria R$ 3 milhões aos cofres públicos, autores participarão de noite de autógrafos coletiva no Paiaguás Por João Bosquo | Quando seria a entrega dos...

Share Button

Manuel Bandeira: Vou-me embora pra Pasárgada

Vou-me embora pra Pasárgada Lá sou amigo do rei Lá tenho a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada Vou-me embora pra Pasárgada Aqui eu não sou feliz Lá...

Share Button

Literamato uma festa para o livro mato-grossense

O evento conta com participação de literatos e escritores locais e palestrantes de outros estados A Literamato (Festa de Literatura de Mato Grosso) que começa no próximo dia 19, quinta-feira, e irá até o...

Share Button

O Incomensurável nada – por Eduardo Mahon

O INCOMENSURÁVEL NADA (E.M) Ao cabo de uma pia de louça suja, a mulher olha para o nada, como uma coruja que acaba de acordar ao final da tarde e ainda não se decidiu...

Share Button

De Alianças e Vaias – uma imitação de soneto de João Bosquo

Para João Batista Negrão Vejo alianças nas mãos das jovens médicas que vaiam Velhos médicos cubanos pretos como nós brasileiros Netos dos exilados da África em navios através dos mares Rumo aos berços de...

Share Button

A vida e as histórias do intelectual Mário Cezar Silva Leite em livro que será lançado logo mais à noite no Sesc Arsenal

Por João Bosquo | Qual é o melhor recorte para noticiar o lançamento do livro “Memorial (in?) descritivo: auto-ópera-biográfica-burlesca-para-professores-titulares-em-literatura”, do professor, doutor em Literatura, Mário Cezar Silva Leite, que acontece nesta quarta-feira, 20, no Sesc...

Share Button

Em Honra dos Josés – uma imitação de soneto de João Bosquo

O que me honra em ser brasileiro São as pessoas que foram aquilo Que por medo ou insegurança não fui Seus grandes e humildes poetas Escritores de pequenas linhas que li Quando estudava no...

Share Button

Desmoronamento – Uma imitação de soneto de João Bosquo

O tempo, repara, Saiu de fora pra dentro Como uma metáfora E ficou parado O tempo não é singular Não é plural Não é coisa alguma O tempo é tempo Quando só, olhando os...

Share Button

Minha Poesia Dramatiza – uma imitação de soneto de João Bosquo

Minha poesia dramatiza Qualquer mudança de endereço Mudança de tempo: vento em temporal, Mão de rua ou transformação urbana Minha poesia se solidariza Com o homem a passear sozinho Viúvo guardador de lembranças Que...

Share Button

Silêncio – por Eduardo Mahon

Por Eduardo Mahon | No centro da cidade, um calor escaldante. A ruela repleta de lojinhas acotovelando-se por atenção dos transeuntes foi tomada por placas que encobriram as antigas fachadas. Alguém teve uma ideia infeliz:...

Share Button