Chico Daltro participa do lançamento do Curso de Turismo Sustentável

A abertura do curso de Turismo Sustentável, promovido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em parceria com a Embaixada Britânica em Brasília e apoio do Governo de Mato Grosso, e o lançamento nacional do Manual para Redução da Pobreza por meio do Turismo aconteceram nesta terça-feira (04.11), em solenidade realizada no Palácio Paiaguás – Salão Governador João Ponce de Arruda, com a presença do vice-governador Chico Daltro.

O curso Turismo Sustentável, que acontece até a próxima quinta-feira (06.11), com a participação efetiva da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), é voltado para os empresários, operadores e gestores públicos do setor de turismo – com ênfase aos envolvidos na preparação para a Copa do Mundo 2014 – e executores de programas de qualificação profissional, que inclui a Setas e a Secitec.

O vice-governador Chico Daltro disse que a realização do curso, com foco na sustentabilidade, “vem ao encontro de uma das principais diretrizes do governador Silval Barbosa para a preparação da Copa do Mundo em 2014, aqui em Cuiabá, que é a qualificação das pessoas, principalmente daquelas que vão prestar serviços, seja na área público ou na iniciativa privada”, destacou.

O curso realizado pela OIT, em parceria com a Embaixada Britânica, segundo Chico Daltro, vai viabilizar a qualificação de multiplicadores, que por sua vez, vão trabalhar na qualificação e aperfeiçoamento de outros trabalhadores daqui pra frente. “É um curso importante, mas com a vertente da sustentabilidade ambiental”, enfatizou.

O representante da OIT – Escritório Brasil no evento, Paulo Sérgio Muçouçah, coordenador do programa de Trabalho Decente e Empregos Verdes, disse que o desenvolvimento desse projeto – curso e lançamento do Manual – tem como objetivo o de estar gerando e promovendo o trabalho decente. “Trabalho decente – segundo ele – pressupõe oportunidade de emprego, respeito ao direito do trabalho, proteção e diálogo sociais. Essas quatro condições são fundamentais para sabermos se esta, ou não, gerando trabalho decente”.

Quanto ao turismo, Paulo Sérgio, diz que existe uma preocupação com a questão da sustentabilidade, porque a atividade turística em Mato Grosso depende muito dos recursos naturais e se ele não for praticado em bases sustentáveis pode colocar em risco os ecossistemas relativamente frágeis como é o Pantanal e a própria Chapada dos Guimarães.

A representante da Embaixada Britânica em Brasília, no lançamento, destacou que os jogos olímpicos de Londres foram os mais verdes da história, mas para que isso acontecesse teve um árduo trabalho anterior e agora estão compartilhando essa experiência com o Brasil que vai realizar a Copa de 2014 e Olimpíadas 2016.

A secretária de Desenvolvimento Turístico, Teté Bezerra, disse que o Curso de Turismo Sustentável, aliado aos cursos Pronatec Copa do Mundo e Pronatec Company que serão realizados em 2013, vai possibilitar a implementação de uma política de turismo sustentável efetiva em nosso estado.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Mato Grosso, Luiz Carlos de Oliveira Nigro, disse que o tema sustentabilidade está cada vez mais presente na atividade turística porque hoje se tem a consciência que é mais possível explorar infinitamente os recursos naturais. Um curso, segundo Luiz Carlos, é muito importante, pois apresenta soluções viáveis, testadas que poderão ser colocadas em prática com as devidas adaptações.

Estiveram presentes no ato de lançamento os secretários Maurício Magalhães (Secopa) e Carlos Milhomen (Sedraf), Vanessa Rosin, secretaria Adjunta da Setas, no ato representando a primeira-dama Roseli Barbosa, e Valdiney Antônio de Arruda, superintendente regional do Trabalho e Emprego em Mato Grosso.

Fonte: Secom-MT

Share Button