Cineclube em Cáceres se consolida como espaço de debate sobre diversidade

Exibindo 12976811_601438876691016_3194234653358219633_o.jpgNaine Terena / Da Assessoria – As noites de terça-feira não são mais a mesma para os professores da Rede de ensino de Cáceres. Isso porquê desde o primeiro semestre de 2015, o grupo de pesquisa que compõe o Ateliê de Imagem e educação, coordenado pela prof. Doutora Maritza Maldonado, realiza sessões de Cineclube para debater as diferenças. O intuito maior do projeto que leva o nome “Cineclubes – Cinema, infâncias e diferenças”, é problematizar concepções de infâncias e diferença a partir de imagens e sons produzidos no cinema, oportunizando aos educadores pensarem de forma diferente aquilo que vem sendo pensado e praticado na educação escolar.

Para cada sessão são escolhidos filmes que possam proporcionar a reflexão e posterior debate entre os participantes. Na etapa que se encerrou em dezembro de 2016, os filmes focaram a questão de gênero, dando ênfase a homossexualidade e como os educadores tem lidado com essa temática na prática. A nova etapa, que teve início em janeiro de 2017, aborda as deficiências, e tem coletado diferentes depoimentos dos professores sobre o cotidiano junto a alunos que apresentam alguma necessidade, seja física, seja mental.

Para os professores participantes, o Cineclube tem sido um espaço de descobertas. Através dos filmes e dos debates, eles podem rever conceitos, ações e metodologias dentro da sala de aula, pois, ao compartilhar suas angústias e práticas com outros docentes, conseguem visualizar outras formas de atuação. A preparação das sessões acontecem durante reuniões do grupo de pesquisa, realizadas nas quinta-feiras pela manhã, na sede do Programa de pós-graduação em educação da Unemat (Campus Cáceres). Nas reuniões, são debatidos os vídeos, as concepções teóricas que propiciam o tipo de análise de tudo que é reunido durante os Cineclubes. O pensamento pós-estruturalista é o fio condutor da atuação do grupo, tendo como interlocutores principais Gilles Deleuze, Felix Guattari, Michel Foucault, Tomaz Tadeu da Silva, Alfredo Veiga-Neto,Sílvio Gallo, Rodrigo Guéron e os estudos dos cotidianos, conversando com Nilda Alves, Inês Barbosa Oliveira, Carlos Eduardo Ferraço.

O Cineclube acontece toda terça-feira na Câmara de Vereadores de Cáceres, das 19h as 22h e a entrada é gratuita. Para saber mais, acesse www.imagemeducacao.wordpress.com

Share Button