Com Efeito – poema de João Bosquo

Calma meu jovem

esta nova aventura

é suave tortura

no fundo do mar

 

Peixes que bailam

zumbidos alegres

ficarão gravados

nas retinas dos olhos

 

Magneticamente

sorrisos aparecerão

no brilho fecundo

das gotas do mar

 

Edifícios submersos

grampeados a golpes

à planta submarina

da Atlântida perdida

 

Que acolherá os corpos

camas e sereias

sombras de palmeiras

e a beleza de Iemanjá.

Publicado em 06/12/1975 no Texto Prosa & Verso, suplemento literário do jornal Equipe, dirigido por Carlos Rosa.

 

Share Button