Curso da Casa de Artes de tecelagem em tear atrai turistas e várzea-grandenses

Por Fred Nogueira | A americana Randa Lou Cocker, professora aposentada de 70 anos, está em Várzea Grande fazendo o curso de Rede no Tear oferecido pela Casa de Artes da Prefeitura Municipal de Várzea Grande.

Residente no estado de Wisconsin nos Estados Unidos, a professora aposentada tomou conhecimento e se interessou em aprender a técnica através de um vídeo postado no YouTube pela artesã Lucinei Pereira, a Giva, professora do curso. De férias no país, a americana está empenhada em concluir o curso durante sua permanência no Brasil e levar a técnica para produzir as peças onde mora.

“Estou me esforçando para aprender tudo em um período de tempo mais curto, depois de volta a Wisconsin pretendo produzir peças para meu próprio uso, para comercializar e, se conseguir aprimorar bem a técnica, penso também em ensinar outras pessoas”, declarou Randa.

O exemplo da americana serve também para várias outras pessoas que têm procurado a Casa de Artes em Várzea Grande para aprender um hobby, fazer trabalhos manuais, atividades culturais, artesanatos e até mesmo iniciar uma profissão.

De acordo com o Superintendente de Cultura, Alex Rodiney, a tradicional arte de tecer redes faz parte da cultura de Várzea Grande. As redeiras da comunidade de Limpo Grande, área rural do município, passam essa habilidade de geração para geração. Para ‘assentar’ a linha, as redeiras batem nos fios com a ajuda de uma tábua, no tear. Com o movimento das mãos, os desenhos vão tomando forma. As redes de Limpo Grande são tradicionais e conhecidas pela beleza, cores e figuras do Pantanal Matogrossense. A técnica encanta, e desperta curiosidade em muitas pessoas, que se inscrevem no curso. A aluna Americana é uma dessas pessoas que são atraídas pela peculiaridade do artesanato, bem como a população local”.

Já estão abertas as inscrições para os cursos em 2018 da Casa de Artes. Podem se inscrever jovens, adultos e crianças a partir de 8 anos. “Este ano estamos disponibilizando 180 vagas para 11 cursos com duração de 2 a 6 meses. Além dos cursos de Rede no Tear, Corte e Costura, Bordados (crochê, tricô, ponto cruz, trançado de fita), Desenho, Pintura em Tecido, Pintura em Tela, Pachwork e violão, oferecidos todos os anos, a novidade para 2018 é a criação dos cursos de Violino, Flauta Doce e Teclado”, informa a gerente de Cursos e Oficinas, Dalila Felfili.

Dalila Felfili, lembra ainda que são apenas 10 vagas para cada curso e as inscrições podem ser feitas diretamente na Casa de Artes em horário comercial. “O valor mensal de qualquer curso custa R$ 70,00, sendo a primeira mensalidade paga no ato da inscrição. Os cursos acontecem em horário comercial duas vezes por semana de segunda a quinta-feira”, destacou.

As inscrições podem ser feitas na Casa de Artes na Avenida Couto Magalhães, nº 1.422, ao lado da Praça Aquidaban, no centro de Várzea Grande. Outras informações pelo telefone (065) 3682-6640.

Source: Curso da Casa de Artes de tecelagem em tear atrai turistas e várzeagrandenses

Share Button

Admin

Este perfil publica Releases e material Da Assessoria

Você pode gostar...