Eletrobras apresenta ao governador Silval Barbosa o programa Reluz de Iluminação Pública

A Eletrobras – Centrais Elétricas Brasileiras realizou, nesta quinta-feira (30.06), a apresentação do Projeto Procel/Reluz a pedido do governador Silval Barbosa que deseja implantar o projeto em todos os municípios mato-grossenses, inclusive arcando com a contrapartida naquelas cidades cujas prefeituras não consigam atender as exigências da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A apresentação aconteceu no gabinete do governador, que a agradeceu a deferência da diretoria em destacar os técnicos para a exposição do projeto à equipe de Governo capitaneada pelo secretário-chefe da Casa Civil, José Lacerda.

Dentro do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), a Eletrobras desenvolve diversos subprogramas, entre os quais incluem o Programa Nacional de Iluminação Pública e Sinalização Semafórica Eficientes (ReLuz), cujo foco central é a melhoria da eficiência energética nos sistemas de iluminação pública dentro da meta de melhorar a eficiência dos serviços públicos ligados ao uso da energia elétrica. Zenon Pereira Leitão, assessor de relações Institucionais e Parlamentares da Eletrobras disse que externou ao governador a satisfação em atender ao convite para expor os detalhes do programa.

O secretário-chefe da Casa Civil, José Lacerda disse que o Governo, após essa apresentação, vai iniciar reuniões de trabalho para desenvolver os projetos atendendo as características de cada município e alcançar a meta do plano de Governo do governador Silval Barbosa de proporcionar iluminação pública de qualidade para todos os municipios.

O chefe do Departamento de Projetos de Eficiência Energética da Eletrobras, Fernando Pinto Perroni, disse que apresentou ao governador Silval Barbosa os dois casos que estão sendo executados no Brasil. O primeiro em Tocantins, em parceria com o Grupo Rede, e no Maranhão, com a participação da Eletronorte, já que a concessionária local abriu mão de executar o projeto.

O programa Reluz, explica Fernando Perroni, busca a eficiência energética com troca de lâmpadas de mercúrio por aquelas mais eficientes, maior durabilidade e menor consumo de energia. Dentro dessa proposta está realizando também a troca de toda sinalização semafórica por LEDs, mais eficiente, mesmo em cidades ensolaradas, como Cuiabá, e baixíssimo consumo e uma durabilidade maior. No sistema convencional as lâmpadas precisam ser trocadas de trinta em trinta dias, o que não acontece com as LEDs.

O presidente da Cemat, Antônio Carlos Fernandes da Fonseca, destacou a iniciativa do governador Silval Barbosa, que deseja implantar o projeto em todos os municípios mato-grossenses , buscando a melhoria da qualidade vida da população. “A iluminação pública, além da questão da segurança e estética, tem o lado da economia. Quando se implanta um projeto desse reduz, automaticamente, a conta do município e acaba sendo um benefício para todos – população e poder público”, disse o presidente.

A Eletrobras financia os programas de melhoria e expansão da iluminação pública em até 75% do valor do projeto e o ente federado (Estado ou município) participa com restante. A participação do município, contudo, pode ser através de serviços e cessão de máquinas. Aqueles que não puderem arcar – segundo o governador – o Estado vai bancar a contrapartida.

O interesse da Eletrobras no desenvolvimento desse projeto é tanto, que chegou elaborar diversos manuais, desde descartes de lâmpadas, como elaboração de projetos para facilitar o acesso aos recursos do programa .

Participaram ainda da reunião pela EletroNorte, os engenheiros Francisco Sperandel, assessor da presidência da Eletronorte em Mato Grosso; Hélio Monte, superintendente de Engenharia, José Martins, superintendente de Transmissão; pela Eletrobras Francisco Antunes Sperandeó e Solange Maria da Silva.

Fonte: Secom-MT

Share Button