Este Natal sem Barba de Papai Noel – poema de João Bosquo

Este Natal, sinto, chegou primeiro
mais depressa que os outros natais…

Será que é o Menino Jesus quem pede
que andemos mais rápido,
sejamos tolerantes, mais amigos,
menos intransigentes com os outros?

Ou sou eu apenas, que velho,
sem barba de Papai Noel, vejo o tempo
– apesar dos olhos fracos – doutro jeito
e chego sentir o meu tempo esvair?…

Não! O tempo está mais ligeiro e,
creio também, Jesus tem pressa,
de que possamos encontrar
o sentido de comemorar o Natal…

><>Desejo, sinceramente, a todos os internautas, que volta e meia, visita este BJB, um Feliz Natal, e que o ano de 2012 seja de realizações.

João Bosquo

João Bosquo, poeta e jornalista, editor deste blogue NAMARRA.COM.BR
nas redes sociais: @joaobosquo

Você pode gostar...