Finalmente

Finalmente estou só
No meio de mim mesmo
Segredo sem saída…

Estou só, confirmo,
Sem saber
Uma sílaba sequer
Da linguagem do falar
Internamente.

30/8/6
Poemas de João Bosquo
Share Button