Fora, Mário Jorge Lobo Zagalo

Fora, Zagalo!O Brasil não precisa de técnico
O Brasil precisa de um treinadorque ame o futebol
que goste da torcidaque torça na partida
e, fundamentalmente, adore o gool

Fora, Zagalo!O Brasil não precisa sofrer mais
Ainda dá tempo de uma saída
uma aposentadoria honrosa

Fora, antes que o Brasil perca o jogo…
O campeonato, claro, não é nosso
nenhum país…
– fora o Brasil, aquele Brasil de 58, na Suécia –
nenhum pais
ganhou a taça noutro continente

Fora, Zagalo!
Podemos perder a copa
como na Espanhade cabeça erguida
cheios de moral
com a crença
(Se não fosse o se)
que o time podia ser campeão

Fora, Zagalo!
O jogo ‘tá feioO Brasil não pode dar vexame
O futebol não tem truque
É só juntar os craques
E deixá-los jogar o que sabem

Fora, Zagalo!
O futebol é tão simples…
Dois times
cada qual com 11 jogadores
um juiz ladrão e dois bandeirinhas
Não tem mais o que inventar

Fora, Zagalo!
O Brasil já escalou o ataque:
Denílson, Edmundo, Ronaldinho e Romário
No meio de campo dois volantes
-Um cabeça de bagre, outro mais técnico
Dois laterais – um de cada lado –
Uma dupla de área
– sendo um, um becão, tipo Brito
e o segundo metido a jogar bola…

Quanto ao goleiro
Ah!, o goleiro…
O jeito é rezar pra bola não entrar
porque, meu Deus,
nunca tivemos goleiros “à nível” de seleção

Fora, Zagalo!
Estou avisando
Faltam dias, semanas,
meses antes da débâcle,
da desmoralização e,
principalmente, dos “não falei?!”
Os aeroportos vão estar vazios
acontecerão desquites, divórcios
e eventuais suicídios…
Quem ficar de fora vai chamar
-Velho gagá… e você não merece

Por tudo isso
E o Brasil por lhe amar muito
(embora sem saber)
é que ele pede,
com carinho e veemência,
Fora, Zagalo!

><>Poema circunstancial, antes da Copa do Mundo da França…

Share Button