Hora Marcada: poeminha à propósito da queda de torres

Na hora marcada
tudo termina
como o combinado
antes do início

Não tem metáfora
não tem metalinguagem
não tem metapoema
que possa contrapor…

Na hora marcada
queira ou não
acontece o desembarque.

><> Lembrei-me deste poema à propósito da queda da torre da TV Rondon, nesta sexta-feira.

Share Button