IMS lança site destacando a vida e obra do compositor Ernesto Nazareth

Paulo Virgílio

Um dos compositores mais importantes do Brasil, o carioca Ernesto Nazareth (1863-1934) completaria 150 anos em 20 de março de 2013. Nesta terça-feira (20.03), com um ano de antecedência, o Instituto Moreira Salles (IMS) dá a largada nas comemorações lançando o site www.ernestonazareth150anos.com.br , concebido com a intenção de se tornar uma referência para a vida e a vasta obra – 211 composições – do autor de algumas das músicas brasileiras mais gravadas em todos os tempos, como os choros Odeon, Brejeiro e Apanhei-te Cavaquinho.

“Nós decidimos antecipar essa comemoração, para que em 2013 a gente tenha um grande movimento em torno da figura do Ernesto Nazareth em todo o Brasil”, disse a coordenadora de música do IMS, Bia Paes Leme. “Nazareth é um compositor que reflete não só a alma carioca, mas a própria alma brasileira. Ele é um dos pilares do choro e da nossa música popular brasileira, tal como a gente conhece hoje”.

Os responsáveis pela criação do site são o pianista e pesquisador Alexandre Dias, um especialista na obra de Nazareth e o violonista e arranjador Paulo Aragão, além de Bia Paes Leme. O público poderá acessar as partituras originais – para piano – das 211 composições de Ernesto Nazareth, que já tinham sido disponibilizadas para download em 2008, por meio do portal Música Brasilis, uma iniciativa da cravista Rosana Lanzelotte.

“A obra do Nazareth foi escrita de fato para piano, mas pode ser perfeitamente adaptada para outras formações musicais”, destaca Bia Leme. Pensando nisto, os criadores do site disponibilizaram 60 composições na inédita versão melodia e cifra, todas com a possibilidade de download em PDF. Segundo a coordenadora de música do IMS, até o final de maio a obra completa estará disponível na versão melodia e cifra.

Uma linha do tempo elaborada pelo biógrafo de Nazareth, Luiz Antonio de Almeida e a discografia completa – mais de 2 mil gravações de intérpretes nacionais e estrangeiros – são outros atrativos do site, além de raridades como uma carta documentando um encontro até agora desconhecido entre Ernesto Nazareth e o escritor Machado de Assis. Também serão publicados fotos e trechos de filmes que usaram a música do compositor brasileiro em suas trilhas sonoras.

Segundo Bia Paes Leme, a intenção é continuar alimentando o site, pelo menos até 20 de março do ano que vem”. “Vamos disponibilizar todos os arranjos feitos para músicas de Nazareth que chegarem a nós. Os músicos podem nos enviar seus arranjos”, disse.

Para marcar o lançamento, o IMS promove na terça-feira (20), às 20h, um recital reunindo um time de instrumentistas formado por Alexandre Dias (piano), Marcilio Lopes (bandolim), Marcelo Bernardes (flauta), Luciana Rabello (cavaquinho), Mauricio Carrilho (violão) e Paulo Aragão (violão). No repertório, uma seleção de polcas, valsas, tangos e choros do compositor que Villa-Lobos definiu como “a verdadeira encarnação da alma musical brasileira”.

Admin

Este perfil publica Releases e material Da Assessoria

Você pode gostar...