Infraero recebe o projeto definitivo do Aeroporto Marechal Rondon

A Global Engenharia, empresa de projetos de engenharia, entregou nesta terça-feira (27.03) à Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), em Brasília , o projeto definitivo do Aeroporto Internacional Marechal Rondon de Cuiabá/Várzea Grande. A entrega, destacou o secretário extraordinário de Estado de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes (Selit), Francisco Vuolo, foi rigorosamente dentro do prazo firmado na parceria com o Governo do Estado. Agora a Infraero começa a avaliar o projeto e no prazo máximo de até 20 dias dará o seu parecer e o governo assinará, então, o termo de convênio para construção da terceira etapa, final, de ampliação do Marechal Rondon, no valor estimado de R$ 80 milhões.

Com assinatura desse segundo convênio, a Secretaria de Estado de Cidades (Secid) vai lançar o edital para licitar as empresas que irão executar as obras dessa importante etapa do Marechal Rondon. Assim que o edital for lançado, começa a correr o tempo estipulado para construção dessa nova etapa. Francisco Vuolo lembra que o governo está trabalhando com o prazo de dezembro de 2013.

O cumprimento desse calendário, importante destacar, deve-se ao trabalho de articulação do Governo de Mato Grosso, por meio da Selit, com a bancada federal em Brasília, e a determinação do Governador Silval Barbosa. Essa garantia de cumprimento dos prazos, Silval Barbosa obteve na semana anterior, quando esteve em Brasília, do próprio presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale.

Essa terceira etapa de obras consiste na demolição de uma área da Aeronáutica para construção das áreas de embarque e desembarque e estacionamento, interligado com o modal VLT.

RECAPITULANDO

A reforma e ampliação do Marechal Rondon, que estava paralisada por quase uma década, começou a ganhar celeridade assim que o Governador Silval Barbosa criou a Selit, que trabalhou na celebração de um convênio no qual a execução dos projetos ficaria sob a responsabilidade do Governo do Estado. A Infraero continuou licitando os projetos, como o que agora a Global entrega.

A primeira etapa foi a licitação e construção do Módulo Operacional (MOP) que iniciou ser construído em julho de 2011 e entregue no final do ano passado. Outro passo foi a licitação da para a construção do novo prédio administrativo da Infraero, cujo contrato e ordem de serviço para as obras foram assinados no último dia 13 de março, em solenidade no Palácio Paiaguás.

Fonte: Secom-MT

Share Button