“Mar calmo nunca fez bom marinheiro” e “Fica, Pedro!” no Sarau do Museu, nesta sexta-feira

Da Assessoria
Amanhã, sexta-feira (11) é dia de sarau no Museu Histórico de Mato Grosso.  Com o palco aberto para a população mostrar a sua arte, seja por meio da música, dança ou teatro, essa edição do evento também  traz o lançamento do livro Fica, Pedro!, de Luiz Carlos Ribeiro, Flávio Ferreira e Banavita. Além da abertura da exposição “Mar calmo nunca fez bom marinheiro”, do artista visual Rodolfo Carli de Almeida.

A obra literária conta a história de Dom Pedro Casaldáliga, bispo da Prelazia de São Félix do Araguaia, que sua aposentadoria, recebeu ordens do Vaticano para que deixasse a cidade sob a alegação de que sua presença poderia constranger o bispo que havia sido nomeado para substituí-lo. O lançamento do livro acontece às 20h.

Já a abertura da exposição “Mar calmo nunca fez bom marinheiro” terá início às 19h. Ao todo, serão 16 obras trabalhadas em paletes, discos de madeira, argila e cimento. Além de peças como arpões e remos, que receberam o tratamento artístico e cores de Rodolfo Carli.

Inspirado nas belezas marítimas, Rodolfo explica que a escolha do famoso dito popular para nomear sua primeira mostra individual justifica todo o sacrifício e dificuldades de um artista, em todas as etapas e especialmente na concepção de um projeto.

“Foram aproximadamente 13 meses de criação e muito trabalho. Me sentindo, muitas vezes, nesse mar nervoso e agitado, lutando com dificuldades, olhares e recebendo a ajuda de outros marinheiros (artistas). Isso é o que faz o artista, como o mar faz um bom marinheiro”, diz.

Sua admiração pelo oceano vem desde a infância, quando viajava com a família para a praia. Em 2014, morou no Rio de Janeiro para realizar o seu mestrado e se encantou ainda mais.

“Sempre que possível, nas horas vagas, estava apreciando essa beleza e com o tempo as simbologias foram fazendo parte da minha identidade. Cada peça da exposição traz uma memória, uma ligação com a beleza, estética, mitologia e até mesmo seres antropomórficos que surgiram da minha criação fantasiosa e imaginária. Fiz cursos de escultura e pintura por muitos anos e agora tenho a oportunidade de fazer uma exposição individual alternativa”, comenta.

A abertura da mostra será embalada pelo sabor do rum, a bebida dos piratas, que será servida aos visitantes. A exposição segue no Museu Histórico de Mato Grosso até o dia 17 de dezembro, com curadoria de Ruth Albernaz e apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) e Suzano Papel e Celulose. A entrada é gratuita.

Serviço
Sarau do Museu: Lançamento do livro “Fica, Pedro!” e abertura da exposição “Mar calmo nunca fez bom marinheiro”
Quando: 11 de novembro, a partir das 19h
Onde: Museu Histórico de Mato Grosso
Entrada gratuita

Share Button