O Sapo Filósofo

Sonhei que tinha um sapo na barriga.

Era um sapo grande, enorme…

Um sapo de olhos verdes, maravilhosos,

que diziam coisas em francês,

e muito das vezes não entendia,

só sabia que era sapo, fazia filosofia

e estava na minha barriga

Sonhei que tinha um sapo na barriga.

Acordei e pensei que estava grávido

de uma possibilidade maior que o sonho:

O sapo (por mim) não sentia repulsa,

me entendia como ser humano e falava coisas,

ditos interessantes, por exemplo: Bom dia!..

E o sapo continuava na minha barriga.

Poemas de João Bosquo
Share Button