Paulo Henrique diz que Gilmar Mendes, após o julgamento de Temer, acabou

O ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, foi o voto decisivo para a manutenção de Michel Temer no poder.

A decisão de GM foi a decisão correta, que deveria ser tomada, mas não era esse o discurso dele enquanto a presidência era ocupada por Dilma Rousseff.

O jornalista Paulo Henrique Amorim, como sabemos, é um exagerado, sempre taxativo. Gilmar Mendes, claro, se desmoralizou, mas continua vivo.

 

 

Share Button

João Bosquo

João Bosquo, poeta e jornalista, editor deste blogue NAMARRA.COM.BR nas redes sociais: @joaobosquo

Você pode gostar...