Paulo Taques diz que governo não confia e não repassará recursos da saúde se oposição vencer as eleições em Cuiabá

><>Meu Peixe está de queixo caído. Não acredita até agora que o secretário-chefe da Casa Civil do Governo de Mato Grosso, embora de licença do cargo, Paulo Taques tenha dito: “Eu tenho direito de confiar em quem eu quiser. Eu tenho direito de confiar no Wilson [Santos] e tenho o direito de não confiar em pessoas desonestas”.

Por pessoas desonestas entendam “Emanuel Pinheiro”, candidato do PMDB que disputa com o Wilson Santos a prefeitura de Cuiabá.

O secretário, que também é primo de José Pedro Taques, disse mais: “somente o tucano tem a confiança do governador para receber os repasses da Saúde, referente à manutenção do Hospital São Benedito e para as obras do novo Pronto Socorro”.

Como é que é?, pergunta Meu Peixe. Se Emanuel Pinheiro vencer as eleições o Governo de Mato Grosso irá deixar de repassar os recursos para a manutenção do Hospital S. Benedito, que socorre milhares de acidentados? É isso, mesmo?

O governador Pedro Taques – não deve ter orientado muito bem o seu subordinado, ou ele, Paulo Taques, está sendo mais realista que o rei.

Senão vejamos: daqui exatos dois anos o governador vai disputar – salvo redondo engano do Meu Peixe – as eleições, tentando se reeleger. Ora, se parar de repassar os recursos, em sendo o prefeito, Emanuel Pinheiro apenas vai devolver a responsabilidade o governo do Estado. Como não vai deixar de repassar e se mesmo assim os problemas na área da saúde persistirem, as justificativas serão as mesmas: “culpa do governo do estado”, pois Paulo Taques prometeu.

Meu Peixe acredita que o governador deva pedir ao seu subordinado que se retrate, para não dar margem para o gatilho do PMDB, em 2018, se voltar contra ele.

PS: Me ligam e dizem o seguinte: Se por outro lado, só as urnas poderam dizer isso, Wilson Santos vencer as eleições e a situação do país continuar nessa balada de desassossego, com os índices caindo pelas tabelas, o governo de Mato Grosso não puder continuar repassando os recursos para – por exemplo – a construção do Pronto Socorro. O governador vai ficar com o mesmo cartaz?, pergunta.

A notícia que deixou Meu Peixe preocupado está aqui:

Paulo Taques, secretário-Chefe da Casa Civil do governador Pedro Taques Foto: RepórterMT

‘Governo tem direito de não confiar nunca em grupo de Emanuel’, diz Taques

A afirmação ocorreu em um ato político do candidato Wilson Santos, ocorrido nesta semana.
FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO
RepórterMT
Paulo Taques afirmou que o ‘grupo do lado de lá’ é desonesto.
“Eu tenho direito de confiar em quem eu quiser. Eu tenho direito de confiar no Wilson [Santos] e tenho o direito de não confiar em pessoas desonestas”, disse o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, sobre a polêmica em torno de quem o Executivo estadual teria confiança para fazer repasses de verbas para o setor de saúde no Município.

Clique aqui para ler mais.


Share Button