Pesquisas, números, resultados e a maior torcida do país

As pesquisas eleitorais são as únicas que podemos conferir seus resultados: se estão certos ou errados, as demais, conferir como?

As urnas são o parâmetro para se medir a qualidade de uma pesquisa. Quando erram, os estatísticos sempre tem uma justificativa, dentro da chamada margem de erro.

Erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, na verdade é uma margem de 4 (quato) pontos percentuais, não acham?

Se – veja bem o se – quando podemos checar os números de uma pesquisa sempre encontramos uma distorção, que os entendidos, sábios, matemáticos etc. levam mais de meia hora justificar, mas não explicam.

Como então acreditar nas pesquisas que não se pode aferir os seus resultados. Como confiar numa pesquisa que diz que este ou aquele time tem a maior torcida do Brasil.

Esses percentuais também tem margem de erro? Se tem só de quantos pontos? Um, dois, cinco 10 pontos percentuais?

Doravante só vou começar a discutir números de pesquisas quando for feito junto com o Censo.  Além da religião, o IBGE fica intimado a pesquisar a maior torcida do Brasil. E vamos derrubar mais um mito… Aliás, até para saber se o futebol é realmente o esporte preferido do brasileiro.

Share Button

João Bosquo

João Bosquo, poeta e jornalista, editor deste blogue NAMARRA.COM.BR nas redes sociais: @joaobosquo

Você pode gostar...