Procon de Mato Grosso comemora aumento na resolução de atendimentos

O consumidor está mais informado e com isso fica mais atento aos seus direitos e, por conseguinte, procura mais o órgão de defesa do consumidor. O Procon-MT, ano a ano, vem recebendo um número maior de reclamações, segundo a superintendente do órgão, Gisela Simona Viana. Ao mesmo tempo ela destaca que o órgão comemora o aumento do índice de resolução de todas as demandas, hoje, perto da casa dos 90%. Nesta sexta-feira (15.03), o Procon de Mato Grosso, juntamente com seus parceiros, comemora o Dia Internacional do Consumidor, evento que acontece durante todo o dia na Praça Ipiranga, em Cuiabá.

Gisela Simona explica que esse aumento do número de reclamações não significa que houve um aumento no número de danos, mas o aumento na abrangência das informações aos mais diferentes segmentos da sociedade. Ela anunciou também o lançamento da nova edição do Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2012, no qual lista as empresas, serviços e produtos que mais tiveram a insatisfação do público durante o ano, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Luiz Antônio Pôssas de Carvalho, disse que a meta é ampliar o número de atendimentos, que no ano passado superou a casa de 45 mil e, ao mesmo, tempo espalhar o sistema nas cidades, que atualmente abrange 33. O Procon-MT buscará parceria com a Associação Mato-grossense de Municípios (AMM) para municipalizar ainda mais o órgão no interior.

A presidenta Dilma Rousseff também, em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor, deve anunciar uma série de medidas com objetivo de fortalecer os órgãos de defesa do consumidor nos estados e municípios. O secretário Luiz Antônio Pôssas diz que as novas medidas são importantes, já que o Brasil nos últimos anos elevou uma parcela significativa da população para as classes C e B, que estão ávidas por consumo. ”Esses novos consumidores, de alguma forma, têm que ter respaldo do Estado”, analisa.

Dentre os produtos com o maior número de reclamações em 2012 está o aparelho celular, com um índice de 28% e no quesito serviços essenciais, a telefonia celular, o líder do ranking, seguido da energia elétrica. O Cadastro de Reclamações Fundamentadas também apresenta o ranking dos fornecedores mais reclamados.

O dia 15 de março foi escolhido como o Dia Mundial de Defesa do Consumidor porque em 1962 o presidente do Estados Unidos, João Kennedy proferiu um discurso no Congresso Nacional declarando que o consumidor tem direito à segurança, à informação, à escolha e de ser ouvidO. No Brasil o Código de Defesa do Consumidor foi criado pela lei 8.078/90.

Share Button