Projeto de adequação do VLT junto ao Aeroporto Marechal Rondon é entregue em Brasília

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria-extraodinária de Estado de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes (Selit), protocolou na Infraero, em Brasília, na tarde desta terça-feira (13.09), o anteprojeto de adequação do VLT na área entorno do Aeroporto Internacional de Cuiabá-Várzea Grande Marechal Rondon. A Selit, dessa forma, atende as exigências da autoridade aeroportuária, e assim dá prosseguimento ao projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Marechal Rondon. A informação é do titular da Pasta, secretário Francisco Vuolo.

O secretário explica que o projeto original previa o trânsito dos ônibus, carros, caminhões e os trens urbanos (VLT) no mesmo nível. Ou seja, os trens urbanos iriam cruzar com os veículos. Como os aeroportos são considerados áreas de segurança, a Infraero solicitou que fossem feitas adequações. O novo projeto prevê a construção de um elevado junto a rotatória do Aeroporto, evitando que os veículos cruzem com o VLT.

Francisco Vuolo ressalta que, de posse do anteprojeto do VLT, a empresa Global Engenharia, autora do projeto básico de construção e ampliação do Marechal Rondon, vai poder concluir o mesmo, dentro do prazo pré-estabelecido. Nos próximos dias, acontece em Cuiabá a segunda reunião técnica para fechar os detalhes finais entre o Governo do Estado, Infraero e a empresa Global Engenharia.

Vuolo explica que depois dessa reunião a Global vai poder concluir o projeto básico. Com o projeto básico em mãos, o Governo de Mato Grosso vai poder lançar o edital de licitação do Aeroporto Rondon, conforme o protocolo assinado entre Infraero e o Governo.

O anteprojeto protocolado na Infraero é o primeiro projeto de VLT a ser apresentado. Ele é de autoria do arquiteto Rafael Detoni Moraes, da Agecopa, está conforme as determinações do governador Silval Barbosa. Assim que o Governo optou pelo modal VLT, a Selit e Agecopa iniciaram a trabalhar nas mudanças pedidas pela Infraero. “As orientações do governador Silval Barbosa são no sentido de dar celeridade nos projetos da Copa do Mundo”, disse Vuolo.

A manutenção do calendário conveniado com a Infraero é o foco do Governo de Mato Grosso, iniciado com a construção do MOP, que deverá ser entregue ainda em novembro. O projeto de reforma e ampliação da Global Engenharia que já esta bastante avançado vai garantir que o terminal vai estar concluído para a Copa do Mundo em 2013.

A nova etapa prevê o alargamento da pista de desembarque, que deverá ter 23 metros de largura, área exclusiva para voos internacionais, pontos de freeshop, oito novos boxes, quatro esteiras modernas e mais uma quinta para desembarque internacional e a construção de estacionamento com triplo da capacidade atual.

Fonte:Secom-MT

Share Button

João Bosquo

João Bosquo, poeta e jornalista, editor deste blogue NAMARRA.COM.BR nas redes sociais: @joaobosquo

Você pode gostar...