Senadinho vive a Cuiabá 300-6

Qual é a Cuiabá 300-6 (contagem regressiva ao tricentenário) que se comemora neste 8 de abril? Como diz o poeta Moisés Martins “a cidade vive dos que vivem nela”, não apenas de suas gentes, tipos, personagens, mas também de suas instituições que acolhem suas gentes… Uma dessas instituições, que vive Cuiabá, é o Senadinho, uma confraria de cuiabanos aposentados que reúnem em torno das reminiscências. São esses ‘senadores’ que nos conta um pouco dessa Cuiabá que estamos a vivenciar todos os dias deste e outros séculos futuros.

Cuiabá é Festa de São Benedito, o santo preto, santo dos excluídos e em seus milagres não exclui ninguém. A Capela de São Benedito, anexo a Igreja de N. Sra. do Rosário, foi construída pelos negros da Comunidade Preto Velho, em 1823, com autorização de Dom Pedro. A festa, contudo, já se comemorava desde o ano 1722. Leopoldo Fioravanti Fortunado, devoto de São Benedito, que no ano de 1987, foi escolhido Rei, diz que “Cuiabá, capital de Mato Grosso, representa a festa de São Benedito, em sua essência que atrai toda a cuiabanidade”.

Cuiabá, sede da Copa do Mundo 2014, tem uma história de glórias futebolísticas. Fioravanti Leopoldo Furtunato, lembra que, na década de 60, assim que retornou do Rio de Janeiro, recém formado, começou a militar na área esportiva, junto ao Clube Atlético de Matogrossense. Com o seu desaparecimento Fioravanti passou a torcer pelo Operário de Várzea Grande, quando conseguiu-se conquistar o tricampeonato mato-grossense, com um elenco que “contava com jogadores da estirpe de Beto, JK, Gonçalo, Glauco e Darci”. Quem é operariano deve lembrar-se dessa zaga. Beto, funcionário público federal, que hoje também integra o Senadinho, era centroavante.

Cuiabá é Clube Esportivo Dom Bosco, o clube mais antigo da capital, fundado na metade da década de 20 do século passado, está fazendo falta aos dombosquinos, segundo o ex-presidente do clube, Renato Miguéis Olavarria. Olavarria, porém, destaca que dentro da Cuiabá ele é “portenho”, como disse Salim Nadaf, porque nasceu no bairro do Porto, um dos mais antigos de Cuiabá, e cobra que o poder público municipal volte os seus olhos para lá.

Cuiabá é a capital da hospitalidade, mãe da cultura e da tradição de Mato Grosso, afirma José Augusto Rodrigues Palma, filho de Dona Bem Bem, se diz orgulhoso de ser cuiabano. Na Casa de Bem Bem, localizada na rua Barão de Melgaço, já foi palco de muitas festas ao Glorioso São Benedito. A casa típica cuiabana foi tombada pelo patrimônio histórico, agora abrigar um centro cultural, numa parceria com o Governo de Mato Grosso, e sediar uma escola de música voltada para jovens talentos.

Cuiabá vive um momento de transformação, com obras de mobilidade urbana, que vão dar outra feição a antiga cidade, destaca o membro Marcondes Pouso Filgueira, também nascido no bairro do Porto, formando médico uma das melhores faculdades de Medicina na década de 60 na antiga capital da república. Marcondes nos ensina que, o médico, assim como em todas as profissões, deve ter “competência e responsabilidade para exercer a profissão com dignidade”.

Cuiabá comanda o desenvolvimento de Mato Grosso, segundo prega o professor Aecim Tocantins, também membro do Senadinho. Professor Aecim lembra que com a divisão, que de início os cuiabanos eram contra, Mato Grosso ganhou outro perfil e dentro desse novo momento Cuiabá se destaca como uma cidade pujante.

Cuiabá é Senadinho. Benedito Teotino da Costa Filho é, entre os atuais 30 membros ativos da confraria, um dos que participou da fundação. O Senadinho surgiu para contrapor com o grupo de “deputados” que se “se formava do outro lado”, diz Teotino. Paulo Zaviaski, em uma de suas crônicas, nos conta que o primeiro senadinho “foi ali na casa de ‘Bugre’, apelido carinhoso de Olyntho Neves, dono do Bar Moderno que todo mundo conhecia por ‘Bar do Bugre’”.

Nos anos 60, Oriente Tenuta, dono de uma farmácia, na Rua de Baixo, colocou dois bancos em frente ao estabelecimento. Esses bancos eram, logo cedo, a ser ocupados por pessoas que iam lá apenas para ler jornal e bater papo. A farmácia cumpriu o seu ciclo e Tenuta se aposentou. O Senadinho, já consolidado, mudou-se para “nova sede”, onde está até hoje, na Rua Cândido Mariano, 330, ao lado da antiga Casa do s Governadores. “Senadinho é fruto do ideal de Oriente Tenuta”.

O membros se encontram diariamente, das 7h30 às 11h00. Todos, médicos, advogados, engenheiros, militares, farmacêuticos, servidores públicos, e um técnico de saneamento ambiental, são aposentados. Não existe presidente, embora se tenha um secretário, Leopoldo Fioravanti. A conversa é de um tudo, reminiscências de uma Cuiabá que permanece, sempre, na memória dos cuiabanos de chapa e cruz ou paus-rodados.

Share Button