Silval reforça apoio ao Instituto Ciranda em concerto comemorativo

O concerto da Orquestra Jovem, comemorativo aos dez anos de criação do Instituto Ciranda, no Cine Teatro Cuiabá, neste domingo, 19, teve como referência o talento do violinista Rennan Vicente que se apresentou como solista em segunda apresentação da temporada 2013 da orquestra. A apresentação contou, na plateia, com a presença do governador Silval Barbosa que, ao final do espetáculo, reforçou o apoio do Governo do Estado a esse importante projeto de desenvolvimento e inclusão musical.

“Acabamos de assistir a um concerto que não perde para nenhuma orquestra Brasil afora; um trabalho de superação e Mato Grosso vê seus talentos despontado, como é o caso desse jovem, Rennan. O projeto está se expandido para outros municípios e vai continuar recebendo o apoio por meio da Setas e da Cultura”, disse.

O destaque foi a participação do cuiabano Rennan Vicente, instrumentista integrante da primeira Orquestra Jovem dez anos atrás, e atualmente está fazendo bacharelado em Violino pela Universidade Federal de Goiás, além de ser aprovado pela Filarmônica do mesmo Estado.

A secretária de Cultura, Janete Riva, qualifica o projeto como “o maior programa de inclusão musical”. “Devido a importância, esse projeto está esticando nossos braços”, referindo a presença do projeto em Chapada dos Guimarães e Nova Mutum.

Murilo Alves, regente da Orquestra Jovem e presidente do Instituto Ciranda, disse que a apresentação, comemorativa aos dez anos, é bastante gratificante. “É um trabalho, com muita fé, com crença que todas essas possibilidades estão efetivamente acontecendo. Celebrar com a música, que é o nosso objeto, que utilizamos como ferramenta de cidadania e inserção social, para nós é bastante gratificante e agora queremos levar esse projeto para todo Estado”, conta.

No programa do concerto constou composições “Fanfarra para o homem comum”, de Aaron Copland; “Abertura Festiva, Op. 96”, de Dmitri Shostakovich; “Pompa e Circunstância – March n.1, Op. 39”, de Edward Elgar e “Batuque”, de Lorenzo Fernandez, em sequência.

Fonte: Secom/MT

Share Button

João Bosquo

João Bosquo, poeta e jornalista, editor deste blogue NAMARRA.COM.BR nas redes sociais: @joaobosquo

Você pode gostar...