Sival Barbosa fala das ações do Governo em entrevista ao vivo em Cuiabá

O governador Silval Barbosa nesta sexta-feira (19.10) concedeu entrevista ao vivo ao programa Folha Mix, da Rádio Mix de Cuiabá, quando teve oportunidade de abordar assuntos importantes como o da saúde e pôde rebater algumas críticas que são veiculadas nos órgãos de comunicação.

O primeiro ponto abordado na entrevista foi a operação Ágata 6, em Cáceres, que contou com a presença do vice-presidente Michel Temer e do Ministro da Defesa, Celso Amorim. O governador Silval Barbosa fala da importância dessa operação no combate ao crime organizado, com foco no combate ao tráfico de entorpecentes. Destacou a importância do trabalho integrado entre as Forças Armadas, Polícia Federal e o Gefron.

No quesito saúde, o governador destaca os avanços no setor, que segundo ele sempre são esquecidos pela mídia. Silval lembrou que conseguiu aumentar o teto do valor dos repasses do Ministério da Saúde para o Pronto Socorro de Cuiabá, que está recebendo em torno de R$ 5 milhões a mais por mês e para 2013 já estão garantidos mais R$ 86 milhões, além de já ter assegurado o aumento do teto para Várzea Grande e outros municípios.

Outro ponto importante destacado foi o aumento do número de leitos. No Pronto Socorro de Cuiabá são 60 novos leitos e no Hospital Santa Helena outros 62 leitos. Isso sem falar no Hospital Metropolitano que atende toda a região metropolitana na área ortopédica. Segundo dados da Saúde, o governo já investiu entre janeiro e agosto deste, comparado com o mesmo período do ano passado, mais R$ 100 milhões.

Silval Barbosa reconhece que existem atrasos de repasses para os prontos socorros de Cuiabá e Várzea Grande, mas enfatiza que o valor não é que vem sendo divulgado de R$ 12 milhões. Esses pequenos atrasos, explica, deve-se a redução dos repasses da União para os estados. O governo federal, por conta da política macroeconômica, reduziu o IPI para a linha branca, para os automóveis e essa redução tem reflexo direto no caixa do Governo do Estado, em torno de R$ 200 milhões.

Na entrevista o governador fala ainda das obras da Copa do Mundo. Ele foi entrevistado pelo apresentador Igor, Jean Esteves e pela jornalista Ana Karla Costa, editora de Política do jornal Folha do Estado. Silval Barbosa esteve acompanhado do secretário de Comunicação Carlos Rayel.

Ouça aqui a entrevista:  Rádio Secom

Share Button