Soneto Militétrico – poema de João Bosquo

Gostaria de ser sintético
pouco mais hermético
pouco menos patético
mais ou menos héticoTer amigos incertos
pouco mais dialéticos
poder ser supradireto
e menos pós-poético

Contudo, profético
em versos aritméticos
revelo pré-cosmético

O mundo frenético
caminha disléxico
prum fim cibernético

><>Meu Peixe, compadre de longa data, perguntou aonde estava escondido esse velho soneto???
Share Button