Tag: Eduardo Mahon

Espelho Cansado – por Eduardo Mahon

ESPELHO CANSADO Aloísio saiu de casa logo cedo. Era um sábado que se emendava ao feriado. Pegou as chaves, deu partida no carro e seguiu para o centro da cidade. Quero um espelho –...

O Velho Palacete – Por Eduardo Mahon

Por Eduardo Mahon | Ninguém diria que o palácio nasceu do mesmo tamanho que todos os demais casarões na rua de terra batida. Contudo, a despeito do que ignorem os meninos que estudam arquitetura contemporânea,...

O Moralista no Divã – Por Eduardo Mahon

  Há fobias de muitas naturezas. Coincidem, no entanto, com a aversão a alguma coisa: lugares abertos, aglomeração de gente, micróbios, lugares escuros ou apertados. Há fobias que passam despercebidas e foram naturalizadas –...

Silêncio – por Eduardo Mahon

Por Eduardo Mahon | No centro da cidade, um calor escaldante. A ruela repleta de lojinhas acotovelando-se por atenção dos transeuntes foi tomada por placas que encobriram as antigas fachadas. Alguém teve uma ideia infeliz:...

A 2ª FLIC mostra que letras de MT estão vivas

A 2ª FLIC mostra que letras de MT estão vivas

A Festa Literária se expandiu e recebeu convidados de outros Estados e o escritor angolano Pepetela “Uma festa imodesta como esta Vamos homenagear Todo aquele que nos empresta sua festa Construindo coisas pra se...

Nomeação de Francisco Vuolo como Secretário de Cultura cria as melhores expectativas em todas as áreas de atividade cultural cuiabana

Nomeação de Francisco Vuolo como Secretário de Cultura cria as melhores expectativas em todas as áreas de atividade cultural cuiabana

O Administrador Francisco Vuolo terá trabalho à frente da nova (de novo) pasta de Cultura de Cuiabá.  Mesmo porque o aniversário de 300 (trezentos) anos de fundação de Cuiabá já está na porta, faltam...

Eu bem que avisei – Por Eduardo Mahon

Eu bem que avisei – Por Eduardo Mahon

EU BEM QUE AVISEI (E.M) Há um inconfessável gozo na expressão – eu bem que avisei. Um prazer erótico, mórbido, sádico e sórdido em ver concretizado o alerta que se deu a quem deu...

Uma alegre aula de literatura mato-grossense

Uma alegre aula de literatura mato-grossense

Escritores, artistas e músicos numa festiva apresentação a alunos da rede estadual de ensino Por João Bosquo | Uma aula de literatura, com presença de escritores, música, humor, quase que um laboratório de como atrair...

Cuiabá 300-2 vista e revista por nossos escritores e poetas

Cuiabá 300-2 vista e revista por nossos escritores e poetas

Cuiabá 300-2. Roubo o título de nosso cronista urbanista José Antônio Lemos dos Santos, o arquiteto que conhece Cuiabá 300 em todos os seus traçados. No seu último artigo, publicado também aqui neste Diário...