Filha de Carolina de Jesus, uma das primeiras escritoras negras do Brasil, diz que não conseguiu ler livro mais famoso da mãe

Por Camila Maciel As lembranças da infância na favela do Canindé, zona norte de São Paulo, ainda emocionam a professora Vera Eunice de Jesus Lima, 61 anos. Filha de Carolina Maria de Jesus (1914-1977), uma das primeiras escritoras negras do Brasil, ela contou que nunca conseguiu ler por completo o livro mais famoso da mãe, Quarto de Despejo: Diário de

Share Button
Continue lendo

Feira reúne artistas e publicadores independentes na capital paulista

Artistas gráficos, quadrinistas e todos os tipos de publicadores independentes participaram, neste fim de semana, da Feira Plana, na área externa do Museu da Imagem e do Som (MIS), zona oeste paulistana. Segundo a idealizadora da feira, Bia Bittencourt, a feira é uma oportunidade para o público conhecer produtos que dificilmente circulam por espaços mais convencionais, como livrarias ou bancas

Share Button
Continue lendo

Mercado de livros infantojuvenis em papel cresce, apesar das novas tecnologias digitais

Vladimir Platonow Rio de Janeiro – O surgimento em grande quantidade de tecnologias que atingem as crianças cada vez mais cedo, incluindo tablets, e-books e smartphones, não está inibindo o crescimento do mercado dos livros infantojuvenis impressos. Atualmente existem pelo menos 120 editoras brasileiras que publicam obras para essa faixa etária e que oferecem cerca de 30 mil títulos em português. A avaliação é

Share Button
Continue lendo

Coordenadora do Proler mostra projeto para incentivar criação de comitês em Mato Grosso

O Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), uma ação da Biblioteca Nacional com o objetivo de criar e agregar à rede do Proler novos comitês, está visitando as capitais que ainda não têm comitês. Cuiabá é uma dessas capitais. Em Mato Grosso existe um comitê no município de Cáceres. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado

Share Button
Continue lendo

Mato Grosso recebe exposição comemorativa aos 20 anos do Proler

O Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), uma ação da Biblioteca Nacional, completa 20 anos e para comemorar essa data, o Ministério da Cultura está realizando a Exposição Itinerante Proler: 20 anos de incentivo à leitura no Brasil. O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC/MT), participa das comemorações e sediará a partir

Share Button
Continue lendo

Depois de percorrer 12 cidades, Feira Literária do Tocantins termina domingo

Depois de quase quatro meses, a Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit) chega ao fim no próximo domingo (15) na capital Palmas. É a oitava vez que o encontro literário ocorre no estado. Desde abril, a feira passou por 12 cidades do estado, o mesmo caminho feito pela Coluna Prestes no estado, movimento de tenentes e capitães liderados por Luis

Share Button
Continue lendo

Aberta seleção de obras de autores brasileiros para publicação em países de língua portuguesa

Luciana Lima A Fundação Biblioteca Nacional (FBN) abriu edital para seleção de obras de autores brasileiros que receberão recursos do governo para publicação em outros países de língua portuguesa. O edital está na edição de segunda-feira  (09.07) do Diário Oficial da União. As inscrições gratuitas começam hoje e vão até o dia 30 de setembro de 2013. O edital se destina a apoiar

Share Button
Continue lendo

Pierre Lévy prevê substituição do livro didático e do caderno por computadores e tablets nas salas de aula

Gilberto Costa As mudanças tecnológicas tão aceleradas do mundo moderno vão chegar de vez à sala de aula e é bem possível que computadores, tablets e outras plataformas substituam o livro didático e o caderno. A previsão é do sociólogo e professor da Universidade de Ottawa (Canadá), especialista em internet. Ele participou do 5º Congresso Internacional da Rede Católica de

Share Button
Continue lendo

Funarte e Biblioteca Nacional lançam editais de criação e de circulação literária

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) e a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) lançaram hoje (28) oficialmente as bolsas de criação literária e de circulação literária Fundação Biblioteca Nacional / Funarte . A Bolsa Fundação Biblioteca Nacional / Funarte de Criação Literária tem como objetivo promover o desenvolvimento de projetos de criação de romances, contos, crônicas, novelas e poemas. A Bolsa Fundação Biblioteca Nacional

Share Button
Continue lendo

Livro resgata para a Rio+20 os mitos indígenas sobre as montanhas cariocas

Paulo Virgílio Um livro que resgata a memória cultural e histórica do território de Mata Atlântica que abriga a cidade do Rio de Janeiro será lançado hoje (20), às 18h, na tenda Sebastião Lan da Cúpula dos Povos, evento realizado no Parque do Flamengo, zona sul da cidade, em paralelo à Rio+20. Destinada ao público infantojuvenil, Gigantes de Pedra, de autoria

Share Button
Continue lendo

Biblioteca Nacional já recuperou mais da metade de acervo danificado por vazamento de água em sua sede

Paulo Virgílio A equipe técnica da Biblioteca Nacional já conseguiu recuperar mais da metade dos 2.042 exemplares de jornais e revistas atingidos pelo vazamento de água ocorrido no dia 2 deste mês no Armazém de Periódicos, localizado na sede da instituição, no centro do Rio. O vazamento foi causado por um defeito em um dos aparelhos do sistema de ar condicionado

Share Button
Continue lendo

Governo investirá R$ 373 milhões para incentivar a leitur1

Luciana Lima O Ministério da Cultura (MinC) anunciou investimentos de R$ 373 milhões para o Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL) para esse ano. Os recursos deverão ser empregados na construção e revitalização de bibliotecas; contratação de agentes de leitura e na realização de feiras e festivais de literatura. As ações serão coordenadas pela Fundação Biblioteca Nacional. Durante

Share Button
Continue lendo

“Função da literatura é encantar crianças e contar histórias”, diz Miguel de Sousa Tavares

Alex Rodrigues “A função primeira da literatura é encantar crianças e contar histórias”. Foi desta forma que o escritor e jornalista português Miguel Sousa Tavares definiu, na 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura, que acontece em Brasilía (DF), sua visão pessoal sobre a finalidade da literatura. Para o autor de Rio da Flores, No Teu Deserto e Equador

Share Button
Continue lendo

Entidades e alunos doam livros ao programa Arca das Letras durante a Bienal

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, esteve nesta sexta-feira, 20, 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura em Brasília. Pepe prestigiou um ato de doação de livros por parte de diversas entidades e de alunos do ensino médio ao programa Arca das Letras. “O projeto é muito interessante. Levar o hábito e acesso à leitura em um universo

Share Button
Continue lendo

“Sinto quase que um dever patriótico não abandonar Portugal”, diz Miguel Sousa Tavares

Alex Rodrigues O escritor português Miguel Sousa Tavares admitiu nesta sexta-feira,20, ter planos de viver no Brasil. Seu projeto era mudar-se ainda este ano, mas a grave crise econômica que seu país enfrenta o fez repensar. “É um projeto sobre o qual ainda não me decidi. Planejava me mudar na metade deste ano e viver metade do ano no Rio

Share Button
Continue lendo

Historiadores lamentam desinteresse brasileiro por biografias políticas

Alex Rodrigues Especialistas na história brasileira, os ingleses Richard Bourne e Leslie Bethel apontaram os ex-presidentes Getúlio Vargas e Luiz Inácio Lula da Silva como as principais figuras políticas nacionais dos últimos cem anos, devido à importância deles para a trajetória política brasileira. “Juscelino Kubitscheck e Fernando Henrique Cardoso podem ser incluídos nesta lista, mas há poucas dúvidas de que

Share Button
Continue lendo

Poetisa angolana aponta pouco intercâmbio literário entre países africanos

Alex Rodrigues Convidada a participar do seminário A Literatura Africana Contemporânea, que integra a programação da 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura, em Brasília, a poetisa e historiadora angolana Ana Paula Tavares cobrou que governos e instituições privadas assumam um papel mais ativo na divulgação da literatura africana, sobretudo a produzida em países de língua portuguesa. Ana Paula

Share Button
Continue lendo

Universo de magia e brasilidade de Jorge Amado é tema de exposição em São Paulo

Daniel Mello Em uma noite de tempestade, Quincas Berro D´Água desapareceu no mar da Bahia. Com esse final, o personagem concretizava sua proposta enigmática -“Cada qual cuide de seu enterro, impossível não há”. Presentes não só em A Morte e a Morte de Quincas Berro D´Água, como em tantos outros livros de Jorge Amado, a mística e a beleza do

Share Button
Continue lendo

Autor cabo-verdiano estimula brasileiros a conhecer a obra de seu país

Alex Rodrigues Um dos maiores expoentes da literatura cabo-verdiana, embora pouco conhecido pelo público brasileiro, o escritor Germano de Almeida convidou os brasileiros a conhecer a produção literária de seu país. Um dos presentes no seminário A Literatura Africana Contemporânea, que integra a programação da 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura, em Brasília, Almeida afirmou que Cabo Verde

Share Button
Continue lendo

Milton Hatoum critica especulação imobiliária e dá dicas de como escrever bem durante bienal de Brasília

Alex Rodrigues O romancista Milton Hatoum criticou a descaracterização urbanística das metrópoles brasileiras durante palestra, deste domingo (15.04), na 1ª Bienal do Livro e da Leitura. “É um crime o que aconteceu com as nossas cidades”, destacou Hatoum, que é arquiteto de formação. “A Manaus da minha infância já não existe mais. Nem a Brasília que eu conheci em 1968”,

Share Button
Continue lendo

Literatura marginal ganha espaço e conquista leitores, principalmente jovens

Daniella Jinkings Como um retrato autêntico da vida nas periferias brasileiras, a literatura marginal vem ganhando espaço e conquistando leitores, principalmente os jovens. “A literatura que eu escrevo vem de ruas que os anjos não frequentam, de pessoas que não têm voz”, diz o poeta Sérgio Vaz, referindo-se à expressão literária e estética da periferia. O tema foi destaque de

Share Button
Continue lendo

Exposições enriquecem Bienal do Livro e da Leitura de Brasília

Paralelamente aos livros, escritores e lançamentos da Bienal do Livro e da Leitura de Brasília, a visão, sentimento e memória também podem ser despertados por meio de exposições na própria bienal e em museus próximos ao evento. Exposições que vão das artes plásticas multimídia, passando pela história do educador Paulo Freire, os desenhos de Ziraldo até o acervo histórico do

Share Button
Continue lendo

“Culturalmente, o país mudou muito pouco nas últimas três décadas”, diz Afonso Romano de Santana

Alex Rodrigues “Vivo no século vinte, sigo para o vinte e um ainda preso ao dezenove”, escreveu Afonso Romano de Santana em um de seus poemas mais conhecidos, “Que país é este?”, de 1980. Hoje, passados 32 anos de sua publicação, o escritor mineiro diz continuar infeliz porque o Brasil ainda não foi capaz de conciliar desenvolvimento econômico e melhoria

Share Button
Continue lendo

Primeira bienal do livro de Brasília começa hoje

Alex Rodrigues e Ana Lúcia Caldas Com a meta de colocar o Distrito Federal no calendário dos grandes eventos literários no país, Brasília sedia, a partir de amanhã (14), a 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura. Com estrutura montada em uma área de 14 mil metros quadrados na Esplanada dos Ministérios, próxima ao Congresso Nacional, a bienal vai

Share Button
Continue lendo

Eventos literários ganham espaço na agenda cultural do brasileiro

Alex Rodrigues Com o objetivo de estimular o hábito da leitura e formar novos leitores, os eventos literários têm se difundido no país. Embora não haja números precisos sobre esse crescimento, especialistas ouvidos pela Agência Brasil garantem que esse tipo de evento tem ganhado espaço não apenas nos grandes centros. As feiras e bienais ajudam a satisfazer o desejo de

Share Button
Continue lendo

Biblioteca Nacional lança pontos de leitura para divulgar temática africana

Vladimir Platonow Divulgar a cultura africana por meio de livros específicos sobre o assunto é um dos objetivos do projeto de Pontos de Leitura Temáticos: Ancestralidade Africana no Brasil, lançado na noite desta quinta-feira (12/04) pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN). De início serão dez pontos de Leitura espalhados pelas cinco regiões do país, em capitais ou municípios do interior. Cada

Share Button
Continue lendo

Bíblia é o livro mais lido pelo brasileiro e Monteiro Lobato o escritor mais admirado

Amanda Cieglinski A Bíblia continua sendo o livro mais lido pelos brasileiros – ganha dos livros didáticos e dos romances. Foi o que apontou pesquisa divulgada nesta semana pelo Instituto Pró-Livro sobre os hábitos de leitura da população. Ao questionar os cerca de 5 mil participantes sobre os gêneros que costumam ler, a Bíblia foi citada por 42% e manteve-se

Share Button
Continue lendo

Percentual de brasileiros leitores é maior entre jovens e moradores de zonas urbanas

Amanda Cieglinski Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (28.03) mostrou que o maior percentual de leitores na população está entre os jovens. A renda familiar, o lugar onde se vive e a escolaridade também são fatores que influenciam o gosto pela leitura. O estudo Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro, identificou que 50% da população pode ser considerada leitora. O

Share Button
Continue lendo

Ex-diretor do MinC é o primeiro brasileiro a responder por secretaria da Unesco responsável por estímulo à leitura

por Alex Rodrigues Fortalecer uma política de leitura como agenda estratégica para o desenvolvimento da América Latina e do Caribe é um dos objetivos do escritor Fabiano dos Santos Piúba, o primeiro brasileiro a ocupar uma das quatro subdiretorias do Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe (Cerlalc) da Organização das Nações Unidas para a

Share Button
Continue lendo

Jacy Proença lança cartilha ‘Conhecendo Cuiabá’ em Aracaju

A cartilha “Conhecendo Cuiabá – Na ótica da População Negra-Indígena”, da professora Jacy Proença, com ilustração de Ricardo Leite de Almeida, será lançado nesta sexta-feira (10.06), na cidade de Aracajú (SE), e na segunda-feira o livro será lançado na comunidade Quilombo Mocambo, também em Sergipe. O lançamento em Aracaju deve acontecer na Assembleia Legislativa. Jacy Proença viaja a convite do

Share Button
Continue lendo