Depois da delação do fim-do-mundo, não sobrará tucano limpo para tentar a presidência em 2018

Nova delação de diretor da Odebrecht atinge Alckmin, homem mais forte do PSDB à presidência e único que ainda escapava da Operação Lavajato Por Laio Rocha NINJA Geraldo Alckmin, Aécio Neves e José Serra, os três “presidenciáveis” tucanos, que vem disputando a soberania no partido para formar uma chapa para as eleições 2018, se encontram nos lençóis sujos da Operação

Share Button
Continue lendo