Agora estamos sem Antônio Cândido, um dos nossos mais lúcidos intelectuais

Antonio Candido morre em São Paulo aos 98 anos Marli Moreira – Repórter da Agência Brasil | O escritor, crítico literário e sociólogo, Antonio Candido, morreu à 1h40 da madrugada de hoje (12), em São Paulo, aos 98 anos, e seu corpo está sendo velado no Hospital Albert Einstein, em cerimônia que prossegue até as 17h. O hospital não informou a

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem Maria Santíssima de Lima

Nota de Pesar Sindjor-MT | Com profundo pesar, o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor) comunica o falecimento da jornalista Maria Santíssima de Lima, ocorrido na noite dessa segunda-feira (10), em Cuiabá. Santíssima, como era conhecida, tinha 55 anos de idade e há pouco mais de um mês foi diagnosticada com um câncer de garganta, que estava tratando. Profissional querida

Share Button
Continue lendo

Lula: “Se alguém tem medo de ser preso, eu quero dizer o seguinte: esse que está enterrando a sua mulher hoje, não tem”

Lula fala de Marisa Letícia, num último adeus “Queridos companheiros, queridas companheiras que vieram prestar sua última mensagem e homenagem à companheira Marisa. Eu tinha dito que não falaria porque a preocupação de não falar e chorar é muito grande. Mas eu acho que já chorei a quantidade de lágrimas que daria para recuperar a represa Cantareira por dois anos.

Share Button
Continue lendo

Em Memória do Adeus à Ferreira Gullar – Poema de João Bosquo

Existe, repara, uma hora dentro do minuto e um segundo, às vezes, é maior que o domingo… Saio de casa, vou à feira e caminho até descansar sentado num banco de uma praça perdida num país que nunca cheguei a conhecer, mas que mora no centro de meu coração na América do Sul Uma hora, no meio de um minuto,

Share Button
Continue lendo

Saudades, sim. Tristeza, não

Por Kie Kume* Neste mês de novembro lembramos, de maneira especial, dos entes queridos que já partiram. É normal chorar o vazio da saudade. Mas, reviver as virtudes, os bons exemplos e o carisma de quem partiu é um grande estímulo para vivermos melhor, na certeza de que, com nossas almas purificadas, estaremos um dia juntos novamente. É essa certeza

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem Elke Maravilha: a atriz morreu hoje aos 71 anos, no Rio de Janeiro

Por Ana Elisa Santana/Portal EBC Morreu nesta madrugada (16), no Rio de Janeiro, a atriz, apresentadora, jurada e modelo Elke Georgievna Grunnupp, a Elke Maravilha. Ela estava internada há mais de um mês na Casa de Saúde Pinheiro Machado, após uma cirurgia para tratar uma úlcera e teve falência múltipla dos órgãos. Nascida na Rússia em fevereiro de 1945, Elke

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem Tereza Rachel: atriz e empresária, morre no Rio de Janeiro

por Paulo Virgílio Repórter da Agência Brasil A atriz e empresária teatral Tereza Rachel morreu no sábado (2), aos 82 anos, no Hospital São Lucas, em Copacabana, zona sul do Rio, de complicações decorrentes de um quadro agudo de obstrução intestinal. A informação foi divulgada hoje (4) pela assessoria de imprensa do hospital, onde Tereza Rachel estava internada desde o

Share Button
Continue lendo

Mário de Andrade é lembrado com relançamento do livro “O Turista Aprendiz”

Por Camila Boehm Em homenagem aos 70 anos da morte do escritor Mário de Andrade, o livro O Turista Aprendiz será relançado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e pelo Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), da Universidade de São Paulo (USP), nesta quinta-feira (12), na biblioteca que leva o nome do escritor, na capital paulista. Em O

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem a jornalista Sandra Moreyra

Por Alana Gandra Morreu hoje (10) à tarde, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, a jornalista Sandra Moreyra, da TV Globo, considerada uma das principais repórteres da emissora carioca. Sandra não resistiu a um câncer no mediastino, região próxima do esôfago, contra o qual lutava há sete anos, de acordo com informações da Central Globo de Comunicação (CGCOM). Carioca,

Share Button
Continue lendo

Filha de Carolina de Jesus, uma das primeiras escritoras negras do Brasil, diz que não conseguiu ler livro mais famoso da mãe

Por Camila Maciel As lembranças da infância na favela do Canindé, zona norte de São Paulo, ainda emocionam a professora Vera Eunice de Jesus Lima, 61 anos. Filha de Carolina Maria de Jesus (1914-1977), uma das primeiras escritoras negras do Brasil, ela contou que nunca conseguiu ler por completo o livro mais famoso da mãe, Quarto de Despejo: Diário de

Share Button
Continue lendo

Mato Grosso, 265 anos

Depois de amanhã, 9 de maio, deveríamos comemorar com muita festa e orgulho o 265° aniversário de Mato Grosso, data que lembra o ano de 1748, quando o rei de Portugal, dom João V, através de Carta Régia determina a criação de duas Capitanias, “uma nas Minas de Goiás e outra nas de Cuiabá”. A Capitania das Minas de Cuiabá

Share Button
Continue lendo

Senadinho vive a Cuiabá 300-6

Qual é a Cuiabá 300-6 (contagem regressiva ao tricentenário) que se comemora neste 8 de abril? Como diz o poeta Moisés Martins “a cidade vive dos que vivem nela”, não apenas de suas gentes, tipos, personagens, mas também de suas instituições que acolhem suas gentes… Uma dessas instituições, que vive Cuiabá, é o Senadinho, uma confraria de cuiabanos aposentados que

Share Button
Continue lendo

Tchá por Deus, ma quê qué esse? É cuiabanês…, segundo William Gomes

O radialista William Gomes tem na certidão de registro de nascimento a localidade de “Bel Horzonte”, capital mineira. Um ano depois, porém, começou a respirar os ares desta Cuiabá, que neste 8 de abril completa 300-6 (esta é a contagem regressiva ao tricentenário). Por conta desse breve detalhe, seria William Gomes Lisboa da Costa, por acaso, um pau-rodado? Não! É

Share Button
Continue lendo

Aecim Tocantins: Uma história que se confunde com a de Cuiabá

Perto de completar 90 anos, em junho próximo, Aecim Tocantins é autor de uma biografia irretocável. Homem público, pai de família, militante da vida, dono de uma memória formidável, em plena atividade intelectual, com mais um livro pronto sobre a personalidade do não menos formidável Cândido Mariano da Silva Rondon, o Marechal Rondon. Se quisesse, Tocantins poderia ostentar o título

Share Button
Continue lendo

Niemeyer – artigo (quase poema) de José Antônio Lemos

Sempre haverá o que falar sobre Niemeyer, apesar do tanto que foi dito e escrito sobre ele e sua obra, em especial nas homenagens por ocasião de seu falecimento na semana passada. Homem pleno, extrapolou as múltiplas dimensões do ser humano. Niemeyer foi muito mais que um arquiteto, ainda que o melhor do mundo no século passado e neste, o

Share Button
Continue lendo

O lugar mágico de Cuiabá – artigo de José Antônio Lemos

Toda cidade tem uma dimensão regional que lhe dá origem e sentido. As cidades surgem na história quando uma região passa a produzir o excedente econômico necessário ao surgimento da divisão de trabalho urbano/rural e, por conseguinte capaz de sustentar e promover a própria vida urbana. A Carta de Atenas, documento fundamental do urbanismo, diz que o limite de uma

Share Button
Continue lendo

O Cavaleiro da Utopia – Artigo de José Antônio Lemos

Inexorável, todos vamos e ele também se foi. Semana passada perdemos o Coronel Meirelles, um grande homem, um turbilhão de ideias e projetos, polo gerador de perspectivas, animação e juventude, apesar da idade. Para muitos o “pai da BR-163”. Prefiro tê-lo como “o cavaleiro da utopia”, como vi chamá-lo Moisés Martins, não das utopias fantasiosas, mas das utopias edificáveis, a

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem José Meirelles, ex-prefeito de Cuiabá, um dos maiores estudiosos de Pietro Ubaldi

José Meirelles, ou apenas Cel. Meirelles, ex-prefeito de Cuiabá, desencarnou nesta terça-feira (28.08),aos 89 anos, no hospital Jardim Cuiabá, no qual estava internado desde o início da tarde. Meirelles chegou em Mato Grosso, no inicio da década de 70, quando comandava o 9º BEC, para executar a construção da BR-163, a Cuiabá-Santarém, o trecho de 1.100 quilômetros, de Posto do

Share Button
Continue lendo

Bombeiros de Mato Grosso comemoram 48 anos com registro histórico e simulação

O Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso (CBMMT) realizou, nesta sexta-feira (17.08), duas atividades dentro da programação comemorativa aos 48 anos de instauração da corporação pelo Governo do Estado. A primeira delas foi a inauguração da placa comemorativa com duas fotos históricas no Ganha Tempo, em cujo prédio foi instalado o primeiro Quartel da Instituição, no ano de 1967.

Share Button
Continue lendo

Livro resgata para a Rio+20 os mitos indígenas sobre as montanhas cariocas

Paulo Virgílio Um livro que resgata a memória cultural e histórica do território de Mata Atlântica que abriga a cidade do Rio de Janeiro será lançado hoje (20), às 18h, na tenda Sebastião Lan da Cúpula dos Povos, evento realizado no Parque do Flamengo, zona sul da cidade, em paralelo à Rio+20. Destinada ao público infantojuvenil, Gigantes de Pedra, de autoria

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem Nico Baracat, secretário de Cidades de Mato Grosso e velho militante do PMDB

Morre vítima de um acidente, aos 51 anos (completados no último dia 10), Nico Baracat, secretário de Estado de Cidades de Mato Grosso, filho de uma das famílias mais tradicionais de Várzea Grande. O acidente, no qual vitimou também Aparecido Reginaldo Rodrigues e Juvelino Carvalho Garcia, aconteceu na tarde deste sábado (16), na BR-163, a 40 quilômetros da cidade de

Share Button
Continue lendo

Fernando Pessoa recebe homenagem no mês que completaria 124 anos

Elaine Patricia Cruz Em junho, uma programação especial vai homenagear o aniversário de Fernando Pessoa, no Sesc Carmo, na capital paulista. Exposição, espetáculo teatral, shows, bate-papo e até um almoço especial vão celebrar os 124 anos de nascimento do poeta português. “Pessoa atravessou os mares com suas obras. O que queremos é homenagear a obra dele e o que ela

Share Button
Continue lendo

Biblioteca Nacional já recuperou mais da metade de acervo danificado por vazamento de água em sua sede

Paulo Virgílio A equipe técnica da Biblioteca Nacional já conseguiu recuperar mais da metade dos 2.042 exemplares de jornais e revistas atingidos pelo vazamento de água ocorrido no dia 2 deste mês no Armazém de Periódicos, localizado na sede da instituição, no centro do Rio. O vazamento foi causado por um defeito em um dos aparelhos do sistema de ar condicionado

Share Button
Continue lendo

Cinemateca faz homenagem ao centenário de Mazzaropi

Bruno Bocchini A Cinemateca de São Paulo realiza, neste mês, uma mostra em homenagem ao centenário de nascimento do ator Amácio Mazzaropi, intérprete de uma das personagens mais famosas do cinema brasileiro, o Jeca Tatu. A mostra trará, entre outros filmes, quatro clássicos do comediante em cópias restauradas pela própria Cinemateca: Zé do Periquito, de 1961, O Lamparina, de 1963,

Share Button
Continue lendo

Agora estamos sem Millôr Fernandes, morto no Rio de Janeiro, aos 88 anos

Paulo Virgílio e Renata Giraldi Rio de Janeiro e Brasília – Depois de várias internações, o humorista e escritor Millôr Fernandes, de 88 anos, morreu ontem (27/03) à noite em casa, em Ipanema, na zona sul do Rio, de falência múltipla dos órgãos e parada cardíaca. Millôr era também desenhista, dramaturgo, jornalista, e tradutor. Nascido no bairro do Méier, na

Share Button
Continue lendo

Unidade da Fiocruz digitaliza 13 mil fotografias que documentam história da pesquisa científica no Brasil

por Paulo Virgílio Treze mil fotografias que integram o acervo histórico da Casa de Oswaldo Cruz (COC) foram digitalizadas e até junho de 2013 estarão disponíveis para consulta na internet. A coleção é parte do imenso acervo iconográfico da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), hoje em torno de 80 mil imagens. Os negativos agora digitalizados pertencem não só à Fiocruz, da

Share Button
Continue lendo

Cinco séculos de história do estado de São Paulo estão em coleção a ser lançada na terça no MIS

Marli Moreira Durante todo o período colonial, entre os séculos 16 e 18, a maioria da população do mais rico estado brasileiro, São Paulo, vivia sob condições miseráveis e, no primeiro recenseamento feito no Brasil, em 1872, o número de habitantes da capital paulista, na época uma província, era menor do que o de São Luís do Maranhão, no Norte

Share Button
Continue lendo

Descoberta de canhões do século 17 na zona portuária do Rio surpreende arqueólogos e historiadores

Carolina Gonçalves A descoberta de dois canhões do início do século 17, durante escavações na região portuária da cidade, surpreendeu tanto historiadores militares quanto arqueólogos, que, desde fevereiro de 2011, buscam vestígios do comércio escravagista do século 19. Segundo a professora Tânia Andrade de Lima, que coordena os trabalhos na região, a existência de uma bateria de canhões na orla,

Share Button
Continue lendo

Exposição virtual ajuda professores a contar história das ferrovias paulistas

texto de Elaine Patricia Cruz Com a intenção de ajudar os professores a contar a história das ferrovias paulistas aos seus alunos, o Arquivo Público do Estado de São Paulo lançou a exposição virtual Ferrovias Paulistas. Pela internet, os professores terão acesso a plantas, correspondências, cartazes, fotos e documentos que mostram a criação e o desenvolvimento das ferrovias em São

Share Button
Continue lendo

Unesco reconhece documento do Arquivo Nacional sobre o regime militar como patrimônio da humanidade

por Paulo Virgílio A documentação Rede de informações e Contrainformação do Regime Militar no Brasil (1964-1985), que integra o acervo do Arquivo Nacional recebeu o certificado internacional do Programa Memória do Mundo, da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). A certificação representa o reconhecimento dessa documentação como patrimônio da humanidade e foi entregue mesta sexta-feira

Share Button
Continue lendo
1 2