Neurozito lança seu segundo livro que fala da década de 60 em Cuiabá

A Casa Barão de Melgaço abriu suas portas, nesta terça, 12, para o lançamento do livro “A música na década dos conflitos – A sina de um músico e a trajetória de uma banda”, de Neurozito, no qual ele – que foi um dos integrantes da lendária banda “Jacildo e Seus Rapazes”, narra um pouco de sua vida, a chegada

Share Button
Continue lendo

Posse de Aclyse Mattos na AML foi uma noite de poesia

A festejada solenidade teve Casa Barão com lotação esgotada, tanto que muitos assistiram de pé Por João Bosquo e Enock Cavalcanti | A solenidade comandada pela professora Marilia Beatriz Figueiredo Leite, que está se despedindo do cargo de presidente, fechou com chave de ouro sua temporada à frente da Academia Mato-grossense de Letras , marcada pela ‘interminável’ reforma da Casa Barão

Share Button
Continue lendo

Jose C. Carrara: A Academia Mato-Grossense de Letras está sem teto, sem sede. O que fazer?

José Cidalino Carrara, da Academia Mato-grossense de Letras, que também é jornalista, e esse espírito de jornalista que prevalece e faz um relato da reunião dos membros da entidade que aconteceu no último sábado em seu perfil no Facebook.com, cujo ponto principal da pauta foi a sede da entidade que está em reforma desde 2015. Por José Cidalino Carrara  A

Share Button
Continue lendo

Academia Mato-grossense de Letras comemora em sessão solene 95 anos de fundação

por João Bosquo e Enock Cavalcanti Um seleto público, seletíssimo para não dizer diminuto, prestigiou a sessão comemorativa aos 95 anos de criação da Academia Mato-grossense de Letras, na noite desta segunda-feira, 5. A festa rolou no centenário Palácio da Instrução (1913), justamente o local onde ocorreu há 95 anos a reunião de criação do Centro Mato-grossense de Letras, comandada

Share Button
Continue lendo

A novíssima 89,5 FM da Assembleia Legislativa

Além da atividade dos deputados, programação regional comandada por Jaime Neto e apresentada por profissionais como Eduardo Ferreira As pessoas que costumam, volta e meia, ‘pedir’ para o celular sintonizar de forma automática as emissoras FM tiveram uma surpresa. Apareceu mais uma estação, a 89,5 MHz, da rádio FM Assembleia. Os celulares ao lado dos receptores em carros são atualmente

Share Button
Continue lendo